Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Domingo, 28 de Janeiro de 2024, 08:30 - A | A

Domingo, 28 de Janeiro de 2024, 08h:30 - A | A

VEJA VÍDEO

Ativistas jogam sopa na Monalisa em protesto no museu do Louvre

g1

Duas ativistas atiraram sopa no vidro que protege a pintura"Mona Lisa", no museu do Louvre, em Paris, na manhã deste domingo (28).

Imagens de um vídeo mostraram duas mulheres jogando sopa vermelha na obra de Leonardo da Vinci, o que espantou o público no local.

"O que é mais importante? A arte ou o direito a um sistema alimentar saudável e sustentável?", gritaram as ativistas em francês após a ação.

As duas ainda passaram pela barreira de isolamento para chegar mais perto da pintura. Em seguida, funcionários do museu tentaram cobrir as ativistas com tecido preto. Elas foram retiradas pelos seguranças.

As mulheres representaram a organização francesa "Riposte Alimentaire" (Resposta Alimentar), que emitiu um comunicado dizendo que o protesto procurava destacar a necessidade de proteger o ambiente e as fontes de alimentos.

Nos últimos anos, ativistas têm atacado obras de arte como forma de protesto para a conscientização das mudanças climáticas.

Em maio de 2022, o vidro em frente à "Mona Lisa" foi coberto com creme em um primeiro protesto.

Outras tentativas incluíram atirar sopa aos "Girassóis" de Vincent Van Gogh, na Galeria Nacional de Londres, em outubro de 2022, e no mês seguinte os ativistas atacaram pinturas de Goya no museu do Prado, em Madri, na Espanha.

VÍDEO:

 

 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024