Cuiabá, 22 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 09:11 - A | A

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 09h:11 - A | A

VIATURAS DA PF

Criminosos armados se disfarçam de PFs para assaltar carro-forte em aeroporto no RS

G1

A Brigada Militar (BM) faz buscas, nesta quinta-feira, 20 de junho, aos criminosos que tentaram roubar um carro-forte no Aeroporto de Caxias do Sul, na Região da Serra do Rio Grande do Sul, durante a noite de quarta (19). Os assaltantes, armados com fuzis, se disfarçaram de policiais para cometer o crime.

Por volta das 19h, houve confronto entre o grupo criminoso e a polícia. Um dos assaltantes e um dos policiais morreram após troca de tiros. O policial militar (PM) morto foi identificado como o 2º sargento da Brigada Militar, Fabiano Oliveira, de 47 anos.

Em nota, a BM afirmou que os demais suspeitos fugiram em direção a uma região de matagal. A polícia afirmou que faz cerco na região para identificar e prender as pessoas que participaram do crime.

O governador do RS, Eduardo Leite, expressou solidariedade aos familiares e colegas do sargento na rede social X (antigo Twitter).

"Determinei empenho máximo das forças de segurança do Estado para capturar e buscar a responsabilização de TODOS os criminosos envolvidos nesse ato covarde. Seguiremos firmes na luta contra a criminalidade, honrando a memória do sargento Fabiano Oliveira e de todos os heróis que dedicam suas vidas para proteger o nosso povo", escreveu Leite (confira o pronunciamento completo abaixo).

O aeroporto está fechado por conta dos danos que sofreu durante o confronto e do trabalho policial. Não há previsão para reabertura

 Carro-forte

O carro-forte que foi alvo dos criminosos faria o transporte de uma carga de dinheiro que chegou ao RS na quarta através do aeroporto de Caxias do Sul. Normalmente, esse tipo de serviço é prestado por meio do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, mas ele está fechado desde que foi inundado durante as enchentes que atingiram a Capital no mês de maio.

 

 
Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024