Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Quinta-feira, 07 de Março de 2024, 08:22 - A | A

Quinta-feira, 07 de Março de 2024, 08h:22 - A | A

CENA DE CINEMA

Interceptação a 'bonde da milícia' termina com tiroteio e 9 presos

g1

A Polícia Rodoviária Federal interceptou um grupo de milicianos na Zona Oeste do Rio na madrugada desta quinta-feira (7). A ação terminou com uma troca de tiros e a prisão de nove criminosos. Outros seis ficaram feridos e foram levados sob custódia para o hospital.

Um dos 16 integrantes do "bonde da milícia", do grupo de Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, conseguiu fugir. Segundo a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), os criminosos eram monitorados há alguns meses.

Após informações do setor de inteligência da Polícia Civil, os agentes conseguiram interceptar o grupo na Avenida Brasil, no bairro de Campo Grande, na altura do viaduto Engenheiro Oscar de Brito. Os milicianos haviam saído de uma comunidade em Santa Cruz e seguido para a favela da Carobinha, em Campo Grande. Quando voltavam para Santa Cruz, foram pegos pela polícia, que estava de tocaia.

Os criminosos passavam pela rodovia em quatro carros. Os agentes apreenderam armas e coletes da Polícia Militar com os milicianos. Um deles, inclusive, usava roupa da polícia, como mostra a foto mais abaixo.

Os seis feridos foram levados sob custódia da polícia para o Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz.

Uma das pistas da Avenida Brasil foi interditada, sentido Zona Oeste, para o trabalho da perícia. A ação foi realizada após um trabalho conjunto entre agentes da PRF, Draco e Polícia Militar.

 
 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024