Cuiabá, 24 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Domingo, 20 de Junho de 2021, 11:32 - A | A

Domingo, 20 de Junho de 2021, 11h:32 - A | A

ALTA PERICULOSIDADE

Lazaro Barbosa: Cinco dias antes de fugir, justiça havia determinado transferência 'urgente'

G1

Cinco dias antes de Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, fugir do presídio de Águas Lindas de Goiás, em 2018, a Justiça do Distrito Federal havia ressaltado a necessidade de transferência do detento, "com urgência", para uma das penitenciárias de Brasília. A informação consta em documentos obtidos pelo G1.
Lázaro é apontado como autor de uma chacina que vitimou quatro pessoas da mesma família, no dia 9 de junho, em Ceilândia, no DF. Desde então, ele é procurado por uma força tarefa com centenas de agentes de segurança e, durante a fuga, invadiu diversas chácaras e fez uma série de reféns.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias em tempo real (clique aqui).

Lázaro foi para o presídio de Águas Lindas após ser preso na cidade, em março de 2018. Antes, estava detido no Centro de Progressão Penitenciária (CPP), em Brasília, onde cumpria pena em regime semiaberto por roubos e um estupro. No entanto, não voltou de um "saidão", em 2016, e desde então era considerado foragido.

Após a recaptura de Lázaro, a Justiça do DF determinou o retorno dele para um dos presídios da capital. A defesa do detento, no entanto, pediu que ele permanecesse na unidade de Águas Lindas, alegando que toda a família vivia na cidade, que fica a cerca de 50 quilômetros de Brasília.
Na época, segundo o advogado de Lázaro, a transferência para o DF dificultaria "sobremaneira as visitas do mesmo, haja vista que seu familiar mais próximo é sua mãe, esta já conta com seus afazeres, e deslocar-se até Brasília será extremamente difícil".

Decisões judiciais
A solicitação foi negada pela Justiça de Goiás. Na decisão, o juiz citou a "caótica situação" da penitenciária de Águas Lindas que, naquele momento, abrigava 485 presos em um espaço para 133. No processo, o magistrado também lembrou que "o presídio local foi palco de várias fugas".
Em junho de 2018, a Justiça de Goiás determinou o "imediato recambiamento" de Lázaro para Brasília, no prazo de até 30 dias.
No dia 5 de julho, a Justiça o DF determinou à então Subsecretaria do Sistema Penitenciária (Sesipe) a "adoção das providências necessárias para realização da transferência".

 A operação entra no 12º dia neste domingo (20).

Cuiabá MT, 24 de Julho de 2024