Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Sábado, 27 de Janeiro de 2024, 08:41 - A | A

Sábado, 27 de Janeiro de 2024, 08h:41 - A | A

CONTA ESVAZIADA

Mulher sofre acidente de carro, para no acostamento e é assaltada

g1

Uma mulher de 36 anos foi assaltada logo após sofrer um acidente de carro, em Irupi, na Região do Caparaó capixaba, na noite dessa quinta-feira (25). Enquanto aguardava ajuda, foi abordada por dois suspeitos que a obrigaram desbloquear o celular e passar a senha de aplicativos bancários. Ela teve a conta esvaziada e perdeu cerca de R$ 11 mil.

A mulher contou para os policiais que retornava de Iúna para Irupi quando parou no acostamento para atender uma ligação. Estava chovendo na hora. Enquanto falava ao telefone, o carro foi atingido por uma motocicleta.

Ela teria saído do veículo para entrar em acordo com o motociclista a respeito dos danos. Depois, voltou para o carro e esperou a chuva passar, no acostamento da via.

Nesse momento, dois homens chegaram em uma motocicleta e renderam a vítima, que não soube identificar se eles estavam armados. Além de pedirem dinheiro e o celular, os homens pegaram a carteira da mulher.

Ao constatarem que a vítima não tinha dinheiro, começaram a pedir senhas dos aplicativos bancários da mulher. Sob ameaças, a vítima desbloqueou o aparelho e as contas, e os dois homens fugiram levando apenas o celular.

Quando chegou em casa, a mulher foi informada pelo marido, por meio das notificações, que os suspeitos fizeram vários depósitos, via Pix, para pessoas desconhecidas, com altos valores, além de tentarem fazer compras. Ao ir ao banco, ela foi informada que duas contas diferentes foram esvaziadas.

A vítima foi à Polícia Militar, que a ajudou em ligações para bloqueios de conta e cartão, e orientou a vítima sobre os procedimentos de segurança.

Procurada, a Polícia Civil informou que, se a vítima tiver registrado um Boletim de Ocorrência em uma delegacia ou pela internet, o caso está em processo de investigação por uma unidade policial.

Caso a vítima não tenha registrado, a Polícia Civil orienta que vítimas desse tipo de ocorrência realizem o registro, podendo comparecer pessoalmente a uma delegacia ou efetuar o registro por meio da Delegacia Online para que a Polícia Civil tome conhecimento do caso e dê início às investigações.

 
Cuiabá MT, 18 de Maio de 2024