Cuiabá, 13 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Sexta-feira, 14 de Maio de 2021, 09:59 - A | A

Sexta-feira, 14 de Maio de 2021, 09h:59 - A | A

SITUAÇÃO ATÍPICA

PL quer barrar despejo de inquilinos durante a pandemia

Agência Câmara Notícias

O Projeto de Lei 827/20 suspende por 90 dias, em razão da pandemia de Covid-19, a execução das ordens de despejo de imóveis residenciais por falta de pagamento de aluguel, caso os inquilinos estejam desempregados ou tenham tido suas rendas afetadas.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias em tempo real (clique aqui).

A suspensão valerá também para os despejos de imóveis comerciais utilizados por microempreendedores individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte. O texto proíbe ainda a cobrança de taxas e multas por atrasos pelo mesmo prazo de 90 dias, a contar da transformação da matéria em lei.

A proposta, dos deputados André Janones (Avante-MG), Natália Bonavides (PT-RN) e Professora Rosa Neide (PT-MT), tramita na Câmara dos Deputados.

Ao apresentar o projeto, ainda em março de 2020, os parlamentares apontaram a crise econômica decorrente da pandemia como justificativa para suspender as ordens de despejo.

“Inúmeros trabalhadores e microempresários, principalmente aqueles que trabalham com o comércio, terão suas rendas comprometidas em parte ou totalmente, visto que uma das medidas mais eficazes para o cenário atual é o distanciamento social e a quarentena, devendo a população permanecer em seus lares para evitar a contaminação”, afirmaram os deputados, no texto que acompanha o projeto.

Eles acreditam que a medida, além de contribuir para o bem-estar e tranquilidade da população, cooperará para impedir o alastramento da doença.

Tramitação
O projeto tramita em regime de urgência em conjunto com outras 20 propostas e poderá ser votado a qualquer momento pelo Plenário da Câmara.

Cuiabá MT, 13 de Julho de 2024