Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Domingo, 10 de Março de 2024, 08:44 - A | A

Domingo, 10 de Março de 2024, 08h:44 - A | A

ANOS DE CHUMBO

Por militares, Lula não quer atos contra ditadura

Correio Braziliense

Por conta da reconstrução de sua relação com os militares, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou e orientou aos seus ministros e a todo o governo que não realizem quaisquer atos, solenidades, discursos ou produzam material em memória dos 60 anos do golpe militar. O petista não quer criar novas arestas com as Forças Armadas num assunto que ainda é caro à caserna, mesmo sendo a atual geração do Exército, da Marinha e da Aeronáutica outra bem diferente.

Lula está envolvido diretamente nessas tratativas para impedir manifestações no governo em alusão ao golpe de 1964. O Correio apurou que, na tarde da última quinta-feira, o presidente tratou desse assunto em conversa com o ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida. Essa pasta tem uma programação extensa prevista para lembrar a data, e que foi tema de reportagem do Correio em janeiro deste ano, mas que já estaria sendo revista diante do posicionamento do presidente.

LEIA MAIS EM CORREIO BRAZILIENSE 

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024