Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024, 07:41 - A | A

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024, 07h:41 - A | A

"NOTA! DEZ"

São Paulo vai conhecer a campeã do carnaval 2024 nesta tarde

g1

A apuração dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval 2024 de São Paulo acontece nesta terça-feira (13), a partir das 16h, no Sambódromo do Anhembi. Fechado para o público, o evento será transmitido pela TV Globo.

Serão nove quesitos avaliados: Evolução, Comissão de Frente, Fantasia, Enredo, Samba-Enredo, Bateria, Alegoria, Mestre-sala e porta-bandeira e Harmonia (saiba mais sobre cada quesito abaixo).

Como os jurados atribuem as notas
No momento em que pisam na avenida, as escolas começam o desfile com nota 10 em todas as categorias. A partir daí, os 45 jurados do grupo Especial - 5 de cada categoria - recebem um manual e, a cada décimo tirado, devem justificar com base no documento.

Além disso, os julgadores recebem uma pasta com o que foi planejado pela escola para comparar com o que foi apresentado durante o desfile.

No dia da apuração
Durante a apuração, as notas são lidas por quesito e a menor delas é descartada. Ao final, as quantias são somadas e as duas escolas que tiverem as menores pontuações totais serão rebaixadas, disputando o carnaval 2025 no Grupo de Acesso I.

As notas descartadas são sempre o primeiro critério de desempate a ser aplicado. Neste ano, o quesito "harmonia" foi sorteado para servir como o segundo critério. A definição ocorreu nesta segunda-feira (12), na sede da Liga-SP, na Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo.

A leitura das pontuações atribuídas pelos jurados será acompanhada apenas por diretores das escolas, convidados e profissionais da imprensa.

O desfile das Campeãs será no sábado (17) e contará com as seis escolas mais bem classificadas.

 

Grupo Especial do Carnaval 2024
Camisa Verde e Branco
Barroca Zona Sul
Dragões da Real
Independente Tricolor
Acadêmicos do Tatuapé
Mancha Verde
Rosas de Ouro
Vai-Vai
Tom Maior
Mocidade Alegre
Gaviões da Fiel
Águia de Ouro
Império de Casa Verde
Acadêmicos do Tucuruvi
Entenda os quesitos avaliados pelo júri
Harmonia: Analisa se os componentes da escola estão integrados, cantando o samba conforme o ritmo da bateria e fazendo as coreografias corretamente.

Samba-enredo: O jurado deve considerar se a letra do samba transmite o enredo proposto pela escola. Já a melodia deve provocar nos componentes a vontade de evoluir, dançar e cantar.

Bateria: Avalia o desempenho dos ritmistas e dos mestres de bateria acompanhando o samba-enredo. Além de alguns instrumentos obrigatórios, é importante que tudo esteja afinado. Também é considerada a "ousadia na performance musical", com bossa, paradinha, breque, apagão, convenção e virada.

Alegoria: Julga os carros alegóricos - a beleza e a relação com o enredo. As escolas de samba são obrigadas a desfilar com cinco alegorias.

Comissão de Frente: A coreografia conta com alguns movimentos obrigatórios, como a saudação ao público e a apresentação da escola. Jurados também dão nota para a fantasia e observam se a comissão de frente atende à exigência de no mínimo seis componentes e, no máximo, 15.

Enredo: Nesse quesito é considerado se o tema está sendo bem contado na avenida, com a ajuda das alas e alegorias, e se o jurado e o público conseguem fazer uma leitura fácil da apresentação.

Fantasia: Avalia a beleza e o significado das fantasias desfiladas. Os jurados também podem se atentar a detalhes e ao acabamento. Os itens apresentados no desfile devem corresponder ao apresentado anteriormente em desenhos pela escola.

Mestre-sala e porta-bandeira: Considera-se o entrosamento dos dois na coreografia, a graciosidade dos movimentos e, também, as fantasias.

Evolução: Julga a forma como a escola passa pela avenida, sem deixar buracos e sem correr para cumprir o tempo do desfile.

 
Cuiabá MT, 18 de Maio de 2024