Cuiabá, 22 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 11:03 - A | A

Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 11h:03 - A | A

CONFIRA

10 dicas para se tornar um consumidor consciente

CONFIRA

Pensar na preservação do meio ambiente não é mais uma decisão a ser tomada para colher resultados a longo prazo. Incorporar medidas simples na rotina diária, impacta a geração atual e cada pessoa pode desempenhar um papel importante na construção de um planeta mais sustentável e equilibrado.

É fato que o aquecimento global é uma realidade e já passou o momento de minimizar seus efeitos. Físico Ambiental, professor e cientista na Unic Beira Rio, Jonathan Willian Zangeski Novais alerta que o momento agora é de ação e conscientização, pois já estamos sofrendo com as suas consequências. “Os efeitos não prejudicam apenas o meio ambiente. O aumento de temperatura do ar também castiga os cidadãos, gerando ilhas de calor, desconforto térmico, diminuindo a capacidade de trabalho e aumentando o risco de doenças respiratórias e cardiovasculares, por exemplo. Precisamos de investimento em desenvolvimento de recursos humanos, revisão de políticas públicas, recursos para monitoramento de clima e eventos climáticos extremos, sim. Mas, como cidadãos, muitas iniciativas podem fazer a diferença”, alerta.

Para aqueles que desejam fazer a diferença em seu dia a dia e contribuir para um futuro mais sustentável, o cientista lista 10 medidas simples que podem ser colocadas em prática já.

Reduzir o consumo de plástico: Opte por produtos reutilizáveis, como garrafas de água, sacolas de compras de tecido e recipientes de alimentos duráveis, em vez de itens descartáveis.

Economizar energia: Desligue as luzes e os aparelhos eletrônicos quando não estiverem em uso e substitua lâmpadas incandescentes por opções de baixo consumo, como lâmpadas LED.

Utilizar transporte sustentável: Escolha caminhar, andar de bicicleta, utilizar o transporte coletivo ou compartilhar caronas sempre que possível, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa associadas ao transporte individual.

Praticar o consumo consciente: Antes de comprar algo novo, pergunte a si mesmo se realmente é necessário e opte por produtos duráveis e de qualidade que tenham um menor impacto ambiental.

Reciclar e compostar: Separe corretamente os materiais recicláveis e adote a compostagem de resíduos orgânicos para reduzir a quantidade de lixo enviado para aterros sanitários.

Economizar água: Feche as torneiras enquanto escova os dentes, conserte vazamentos e instale dispositivos economizadores de água onde reside.

Plantar árvores: Participe de projetos de reflorestamento ou plante árvores em sua comunidade para ajudar a absorver o dióxido de carbono da atmosfera e promover a biodiversidade.

Apoiar produtos locais e orgânicos: Dê preferência a alimentos produzidos localmente e cultivados de forma orgânica, reduzindo a produção de carbono associada ao transporte de produtos e o uso de pesticidas prejudiciais ao meio ambiente.

Praticar a conservação de recursos: Desligue o chuveiro enquanto se ensaboa, use máquinas de lavar roupa e louça apenas quando estiverem cheias e evite desperdícios de alimentos planejando refeições e armazenando adequadamente alimentos perecíveis.

Educar e inspirar os outros: Compartilhe seu conhecimento e motivação com amigos, familiares e colegas, inspirando-os a adotarem práticas sustentáveis em suas próprias vidas e meio social.

 
Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024