Cuiabá, 13 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Quinta-feira, 01 de Abril de 2021, 20:25 - A | A

Quinta-feira, 01 de Abril de 2021, 20h:25 - A | A

MEDIDA RADICAL

Bolívia fecha todas as fronteiras com o Brasil, por medo da variante brasileira do coronavírus

Fernanda Renaté

As fronteiras de Mato Grosso com a Bolívia devem ser fechadas por sete dias, a partir da zero hora desta sexta-feira (2), na tentativa de evitar que a variante amazônica do novo coronavírus, conhecida como P.1, comece a circular no país vizinho.

O anúncio foi feito pelo presidente boliviano, Luis Acre, em sua conta no Twitter nesta quinta-feira (1). Bolívia e Brasil compartilham uma fronteira de quase 3.400 km, dos quais 983 km ficam em Mato Grosso.

“Os Ministérios da Saúde do Governo e das Relações Exteriores da Bolívia, providenciarão o fechamento temporário de outros pontos com base na situação epidemiológica", anunciou Arce.

Medidas radicais estão sendo tomadas na tentativa de combater o avanço e o contágio do novo coronavírus. A Argentina e o Uruguai também estão com as fronteiras fechadas com o Brasil por conta da covid-19. Neste último, podem entrar quem é cidadão uruguaio, estrangeiro residente, parente de uruguaio ou que estejam em missão humanitária ou por conta de reunião familiar.

A reportagem do Estadão Mato Grosso entrou em contato com tenente-coronel Hugo, do Grupo Especializado de Fronteira (Gefron), que informou que a notícia pegou todos de surpresa.

“Já foi passado a informação para o setor de inteligência da secretaria de Segurança Pública para levantarmos mais informações. Apenas depois desta confirmação poderemos então, medidas deverão ser tomadas", explicou.

Cuiabá MT, 13 de Julho de 2024