Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Terça-feira, 23 de Janeiro de 2024, 21:04 - A | A

Terça-feira, 23 de Janeiro de 2024, 21h:04 - A | A

CONFIRA AS ALTERNATIVAS

Obras do BRT vão mudar o trânsito na Avenida da FEB mais uma vez

Da Redação

Duas novas obras do BRT (Ônibus de Trânsito Rápido, na sigla em inglês) vão causar mais alterações no trânsito da Avenida da FEB a partir desta quarta-feira, 24 de janeiro, e da próxima sexta-feira, 26.

Além disso, ainda está em curso a primeira intervenção de 2024, para as obras de drenagem no sentido Várzea Grande-Cuiabá, que limitou o trânsito na Ponte do Porto.

Desta vez, a intervenção será realizada no sentido Cuiabá/Várzea Grande, para implantação da Estação de Embarque e Desembarque Vereador Abelardo Azevedo, realocação da rede de energia elétrica e de iluminação pública, além de obras complementares.

Essa intervenção vai do acesso ao bairro Construmat até a Rua da Habilitação, próximo ao Viaduto Isabel Campos. O trânsito da Avenida da FEB será desviado para as pistas de concreto onde rodará o BRT.

Os motoristas que deixam o bairro Construmat não poderão mais atravessar a Avenida da FEB para seguir em direção ao Centro de Várzea Grande. Somente será permitido o acesso à direita, para quem segue em direção a Cuiabá.

Já a intervenção que se inicia na sexta-feira, 26, ocorrerá na mesma região, mas para o sentido Várzea Grande-Cuiabá. O objetivo dessa intervenção é o mesmo: construir a nova estação e realocar a rede de energia elétrica e iluminação, além de obras complementares. Da mesma forma, o trânsito será desviado para a pista central de concreto.

Coordenador de Mobilidade Urbana de Várzea Grande, Cidomar Arruda Vello destaca que essas obras já estavam previstas no projeto original do BRT e que o consórcio construtor alocou mais equipes de trabalho para acelerar o prazo de execução.

“Passamos a exigir mais celeridade e mais pessoal para que o impacto no dia a dia da população seja o menor possível, sem nos descuidar da qualidade das obras que são fundamentais para a mobilidade urbana das duas principais cidades de Mato Grosso”, disse.

Cidomar lembrou ainda que, desde o início das obras de implantação do BRT, diversas rotas alternativas foram definidas nos bairros dos dois lados da Avenida da FEB, na tentativa de minimizar a dor de cabeça para quem transita diariamente entre Várzea Grande e Cuiabá.

“Nosso trabalho sempre foi no sentido de evitar o máximo de transtorno para os usuários do transporte coletivo e condutores de veículos. As obras do BRT estão voltadas para melhorar os serviços prestados à população e para valorizar Várzea Grande e Cuiabá, que foram penalizadas com as obras da Matriz de Mobilidade da Copa do Mundo de 2014”, concluiu.

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024