Cuiabá, 19 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Sexta-feira, 30 de Setembro de 2022, 17:13 - A | A

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2022, 17h:13 - A | A

INFRAÇÃO AMBIENTAL

Responsável por chá revelação em cachoeira é multado em R$ 10 mil

Da Redação

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) aplicou multa de R$10 mil pelo lançamento de sustância azul na água da cachoeira Queima-pé, em Tangará da Serra, no último final de semana durante um chá revelação.

De acordo com a Sema, um familiar prestou esclarecimentos na quinta-feira, 29 de setembro, e informou ser o responsável pelo lançamento de substância utilizada como corante para tingimento de cascatas e piscinas, denominada "Lago Azul".

 

A ação foi enquadrada no artigo 62 do decreto federal 6514/2008, que define como infração ambiental "lançar resíduos sólidos, líquidos ou gasosos ou detritos, óleos ou substâncias oleosas em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou atos normativos".

A cena foi filmada e circulou nas redes sociais nesta segunda. Na gravação, é possível ver o momento em que as águas da cachoeira começam a ficar azul e os convidados comemoram na festa, realizada no leito da cachoeira.

Investigação

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) vai investigar o chá revelação que aconteceu no final de semana na cachoeira Queima Pé, em Tangará da Serra, onde as águas foram tingidas de azul para anunciar o sexo do bebê. O caso gerou polêmica e críticas nas redes sociais.

Segundo a assessoria do MPMT, o órgão recebeu na tarde desta segunda-feira, 26 de setembro, uma denúncia sobre o caso através da Ouvidoria.

O documento foi encaminhado para a Promotoria de Tangará da Serra para apurar a informação. Caberá ao promotor escolher qual procedimento de apuração adotar: inquérito ou notícia de fato.

 
Cuiabá MT, 19 de Junho de 2024