Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Economia Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024, 23:52 - A | A

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024, 23h:52 - A | A

INDÚSTRIA SUSTENTÁVEL

Logística reversa tira mais de 26 mil toneladas de lixo do meio ambiente em MT

Assessoria

Cerca de 26 mil toneladas de resíduos foram retiradas do meio ambiente pelas indústrias de Mato Grosso em 2022. O levantamento, que consta nas declarações de comprovação do sistema de logística reversa entregues à Secretaria de Estado de Meio Ambiente no ano passado, foi apresentado na reunião do Conselho Temático de Meio Ambiente (Contema) da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) na segunda-feira (26.02).

"O relatório também serve para lembrar das obrigações que os empresários precisam cumprir até o meio do ano. No final do mês de junho é o prazo final para comprovar a efetivação do sistema de logística reversa. A prática passa a ser exigida para a renovação das licenças de operação. Agora, além da destinação de resíduos, é obrigatório também a comprovação da logística reversa”, explicou o presidente do Sindicato da Indústria de Reciclagem do Estado de Mato Grosso (Sindirecicle), Rodrigo Crosara.

A comprovação da Logística Reversa no Estado de Mato Grosso, foi estabelecida pelo Decreto estadual n.º 112/2023, sendo regulamentado pela Instrução Normativa n.º 03/2023, que define as diretrizes para a implementação, estruturação e operacionalização do sistema de logística reversa de embalagens em geral no Estado de Mato Grosso. Os modelos de documentos estão disponíveis no site da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (clique aqui).

O presidente do Contema, Adilson Valera, destacou que as boas práticas sustentáveis precisam ser adotadas pelas empresas se quiserem se manter no mercado consumidor.

“Temos exemplos práticos de que não precisar ser uma multinacional para ter boas práticas sustentáveis. São várias ações que devem ser realizadas pelas empresas de todo o porte”.

 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024