Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Economia Sexta-feira, 02 de Fevereiro de 2024, 08:00 - A | A

Sexta-feira, 02 de Fevereiro de 2024, 08h:00 - A | A

APERTO NO BOLSO

Preço da cesta básica volta a subir e já passa de R$ 770 em Cuiabá

Da Redação

O Boletim Semanal da Cesta Básica em Cuiabá voltou a apresentar aumento na cesta de 0,23% nesse fim de janeiro, fazendo com que o mantimento atingisse o valor de R$ 771,59. Em relação a mesma semana do ano passado, quando custava R$ 780,58, a cesta básica está 1,15% mais barato neste ano.

O levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT) destacou a batata, o tomate e o óleo de soja com as maiores variações de preço nesta semana, sendo o tubérculo com alta de 6,22%, acumulando o décimo crescimento consecutivo e atingindo, consequentemente, o valor mais alto da série histórica, de R$ 10,68/kg. O preço médio atual está 55,13% maior que o verificado na mesma semana de 2023.

Segundo análise do IPF-MT, a tendência de crescimento pode ter relação com o clima chuvoso em regiões produtoras, o que favorece na continuidade do aumento verificado anteriormente, assim como as diferentes qualidades do tubérculo também interferem nos preços observados.

Já a retração de 3,76% para o tomate nesta semana pode ter relação com a intensificação da colheita da safra atual, aumentando sua disponibilidade. Além disso, uma redução na demanda pode impactar nessa variação de preço, que atingiu na última semana de janeiro o valor médio de R$ 8,14/kg. Ainda assim, o recuo não reflete a alta de 22,89% no comparativo anual.

Já a dinâmica de preços locais, assim como uma boa cadeia produtiva do óleo de soja no estado, pode influenciar na queda verificada esta semana, de 1,63% no preço médio da capital, sendo a primeira em nove semanas de alta. Ainda conforme análise do IPF-MT, apesar da tendência de alta nesses últimos períodos, em relação ao mesmo período do ano passado, o preço do óleo está 20,60% menor, já que o valor médio atual é de R$ 6,79/900ml.

O presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, destaca a continuidade do preço ainda menor no comparativo com o mesmo período do ano passado. No entanto, também demonstra preocupação quanto à proximidade entre os valores dos mantimentos verificados em Cuiabá.

“Dos itens analisados nesta semana, apenas o óleo de soja está abaixo do valor verificado na mesma semana de 2023. Com relação à média mensal da cesta básica em janeiro (R$ 771,78), que apesar de estar menor no comparativo com janeiro do ano passado, já começa a apresentar crescimento sobre o mês de dezembro, refletindo no aumento do preço dos alimentos”, reforçou.

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024