Cuiabá, 22 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Geral Sábado, 03 de Fevereiro de 2024, 08:10 - A | A

Sábado, 03 de Fevereiro de 2024, 08h:10 - A | A

VEJA

Ex-funcionária da Havan relata perseguição, assédio e humilhação

Da Redação

Chorando e com um cartaz em mãos, uma ex-vendedora denunciou por meio das redes sociais a rede de lojas Havan da filial de Sinop por assédio moral, perseguição e humilhação. Ela afirmou que foi demitida por reivindicar os seus direitos e colher as assinaturas de outros colaboradores. 

Ela disse que além de sua função principal, foi obrigada a fazer outras quatro funções, e que os funcionários eram constantemente humilhados, não tinham acesso a água potável, somente a uma água salobra e verde. Além disso, não era disponibilizado copos descartáveis ou individuais. "O que empresa prega não é o que o que é colocado aos colaboradores aqui dentro. A gente tem que fazer 3 ou 4 coisas aqui. Eu entendo um pouco de leis e sei que não estava certo. A gente trabalha de uma forma bem humilhante [...] dei o meu coração a essa empresa", disse.

Ela também afirma que muitos funcionários sofreram acidentes de trabalho ao descer no depósito da empresa. 

 

 
 
Cuiabá MT, 22 de Maio de 2024