Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Judiciário Sábado, 27 de Janeiro de 2024, 14:34 - A | A

Sábado, 27 de Janeiro de 2024, 14h:34 - A | A

MANÍACO DO CHÁ

MP vê risco às vitimas e pede prisão imediata de 'guru estuprador'

Da Redação

O Ministério Público de Mato Grosso, por meio da 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Lucas do Rio Verde, ingressou com Medida Cautelar Inonimada no Tribunal de Justiça requerendo a suspensão dos efeitos da decisão que revogou a prisão do líder espiritual, E.R.C.V, acusado de crimes sexuais. Além da medida protocolada no início da noite desta sexta-feira no TJ, o Ministério Público também ingressou com quatro recursos em sentido estrito na 2ª Vara Criminal de Lucas do Rio Verde.

De acordo com o promotor de Justiça Saulo Pires de Andrade Martins, o réu responde a cinco ações penais. O promotor de Justiça argumenta que o restabelecimento da sua prisão busca resguardar o direito à segurança coletiva, a manutenção da ordem pública, além de garantir a futura aplicação da lei penal.

Afirma também que, em liberdade, o réu pode buscar vingança contra as vítimas ou constrangê-las por meio de ligações e redes sociais, sobretudo por tratar-se de pessoa influente na cidade.

 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024