Cuiabá, 19 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Sábado, 05 de Novembro de 2022, 10:30 - A | A

Sábado, 05 de Novembro de 2022, 10h:30 - A | A

CLAUDIO ALVARENGA

Água e indústria: o melhor movimento é o sustentável

CLAUDIO ALVARENGA

O uso da água é um bem indispensável para quase todas as etapas dos processos de fabricação e produção em todo o mundo. Quer se trate de água deionizada para os setores de eletrônicos e farmacêuticos, ou água desmineralizada para aplicações de produtos cosméticos e na alimentação de caldeiras, a água é necessária e vem incorporada ao processo de sustentabilidade criado no planeta.

E para colocar em perspectiva: a indústria responde por cerca de 40% das captações totais de água. No entanto, ao mesmo tempo, muitas empresas globais têm fábricas operando em partes do mundo com escassez de água, com mais de dois terços das empresas relatando exposição a riscos hídricos.

 

A manufatura e outras indústrias usam água durante o processo de produção para criar seus produtos ou para equipamentos de refrigeração usados na criação de seus produtos. De acordo com o United States Geological Survey (USGS), a água industrial é usada para fabricar, processar, lavar, diluir, resfriar ou transportar um produto.

Água industrial e águas residuais é um subproduto de atividades industriais ou comerciais. Seja nos alimentos que comemos ou nos produtos que consumimos, a água é necessária para quase todas as etapas da produção em vários setores diferentes. As águas residuais resultantes devem ser cuidadosamente gerenciadas.

Dependendo do produto a ser fabricado e da qualidade da água bruta da região, serão necessários diferentes níveis de tecnologias de tratamento. Por exemplo, para fabricação de produtos médicos, eletrônicos e processamento de alimentos, a água deionizada é um ingrediente essencial. Chamada de água ultrapura, ela tem quase todos os minerais, gases dissolvidos e partículas de sujeira removidas da água que poderiam interferir na fabricação de produtos precisos e sensíveis, como placas de circuito.

Enquanto isso, a água de alimentação é usada em caldeiras e torres de resfriamento para garantir a eficiência, maximizar a vida útil da caldeira e do sistema, reduzir os custos de manutenção e manter os níveis de desempenho operacional.

As indústrias que têm alto uso de água e necessidade de tratamento incluem: cervejaria e água para bebidas gaseificadas; indústrias de laticínios; usinas e refinarias de açúcar; fabricação têxtil; fábricas de papel e celulose; óleo e gás; as indústrias automotiva e aeronáutica e muitas outras.

Neste contexto, nós da Projesan, avançamos a química de quem trata água todos os dias. Nossa missão é de facilitar o acesso à água de qualidade com planos eficientes e seguros para o tratamento de águas industriais e municipais. Atuamos em diversos segmentos industriais: têxtil, metal-mecânica, saneamento, frigoríficos, petrolífera, de mineração, de laticínios de papel e celulose, de curtumes, aumentando a eficiência e segurança das estações de tratamento de água e de esgoto industriais. O mais importante é que através da nossa área técnica conseguimos sugerir um plano de melhoria contínuo e personalizado para o tratamento de água de cada empresa ou estação.

Claudio Alvarenga é Controller da Projesan Water & Co®, empresa especializada no tratamento de água no segmento B2B. Com formação em Administração de empresas, pela Universidade de Blumenau, o executivo é responsável pelas competências de contas a pagar, contas a receber, auditoria, atividades de integração de equipe, análise de dados e capacidade analítica da empresa. Com ampla experiência em tecnologia da informação e desenvolvimento de produtos, com orientação para processos e resultados, gerenciando e ajudando equipes multidisciplinares, Alvarenga possui passagem em grandes empresas como Grupo Boticário, Sênior Sistemas e Meu Rodapé.

 
Cuiabá MT, 19 de Junho de 2024