Cuiabá, 21 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Sábado, 27 de Agosto de 2022, 11:56 - A | A

Sábado, 27 de Agosto de 2022, 11h:56 - A | A

DONA NEUMA DE MORAIS

Lula no JN resgatou a esperança do Brasil

Dona Neuma de Morais*

Na manhã do dia 26 de agosto, exatamente há 35 dias das eleições de 2 de outubro, o Brasil amanheceu de alma e corações lavados. Respirando, por assim dizer, um clima revigorante de democracia e confiança de que este país é bem maior que um “Gigante pela própria natureza”...

O Brasil é uma nação que tem um Líder Maior, com energia, conhecimento e capacidade para nos conduzir, de novo, ao lugar de destaque que merece entre as grandes potências da democracia, social e economicamente mais desenvolvidas do mundo. E de cuja colocação jamais deveria ter saído!

 

Falo do ex-presidente Lula e, mais especificamente, da entrevista que ele concedeu à Rede Globo de Televisão, ontem (27), e que monopolizou as atenções do País, atingindo altos índices de audiência.

Para além dos esclarecimentos que ele prestou, em linguagem elevada, de estadista, Lula apontou rumos claros para o Brasil. Ele desfez dúvidas, rebateu calúnias e infâmias, mostrando que somos uma Pátria onde adversários, pessoas que pensam diferente de nós, não podem e não devem ser tratados como inimigos, a exemplo do que vem ocorrendo, infelizmente, nos últimos 4 anos.

Lula deixou evidente que as divergências políticas são o oxigênio para renovar e fortalecer a democracia, buscar somatórias e pontos em comum entre os opostos para unir ainda mais o povo. E não que estas diferenças sejam usadas como pretextos para desunir a sociedade, criar ódios sectários e promover a desestabilização das instituições da República Brasileira.

Em sua excelente e histórica entrevista, Lula deixou claro que a tolerância pode - e vai – vencer o ódio que setores atrasados da sociedade, que agem como se fossem “donos” do Brasil, querem disseminar entre o nosso povo.

De forma inteligente e certeira, Lula renovou as esperanças de que o Brasil. Nos lembrou na entrevista ao Jornal Nacional que ele governou o país por dois mandatos, durante os quais retirou mais de 40 milhões de brasileiros da linha abaixo da pobreza onde vegetava a miséria para os incluir na economia como consumidores, tornando-os cidadãos de pleno direito.

O ex-presidente também nos trouxe à memória que foi ele quem tornou o País respeitado internacionalmente e nos deu a confiança de que poderá transformar, mais uma vez, essas conquistas em realidade, além de atender outras demandas sociais e econômicas que só aumentaram desde que ele deixou a Presidência. Lula mostrou aos brasileiros que tem força e energia para reconstruir a nação.

Esta entrevista do Lula ao maior programa jornalístico de maior audiência do Brasil ainda brilhará intensamente nos próximos dias sinalizando aos corações e almas dos brasileiros que, elegendo-o Presidente da República no próximo dia 2 de outubro, a partir do dia 1º de janeiro de 2023, teremos de volta no horizonte da história, o Brasil que sempre sonhamos!

Com as benções de Deus e a vontade soberana do povo, assim há de ser.

 

*Dona Neuma de Morais é candidata a deputada federal pelo PSB.

Cuiabá MT, 21 de Junho de 2024