Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 11:16 - A | A

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 11h:16 - A | A

PAULO SLOBODZIAN

O dilema dos relacionamentos interpessoais

Paulo Slobodzian*

Relacionamento é fundamental! Presente em todas as esferas da vida, seja profissional, amorosa, de amizade ou casual, o contato entre duas pessoas constitui um relacionamento. No entanto, quando algo sério ocorre nesses relacionamentos, ou pior, quando eles são inexistentes, a situação torna-se complexa e compreender isso pode ser desafiador.

Afinal, como entender, se atualmente a maioria das pessoas negligencia essa habilidade indispensável para a vida?

É perceptível que essas mesmas pessoas se distanciam cada vez mais, chegando ao ponto de rejeitar até um simples "Bom Dia" em nossas interações cotidianas. É comum ouvir alguém questionar: "Bom dia, por quê?" ou "Bom dia, só se for para você!"

Além disso, a falta de paciência, compreensão, comunicação e entendimento da própria existência contribuem para minar a magia da convivência e da conexão entre pessoas. Esse fenômeno negativo permeia tanto a vida pessoal quanto a profissional, muitas vezes influenciado pela tecnologia. As pessoas trocam relacionamentos por seus smartphones, tornando-se cada vez mais introspectivas e distantes.

Não me interpretem mal: a tecnologia, quando usada corretamente, traz inúmeros benefícios. No entanto, seu mau uso prejudica significativamente nosso sistema cognitivo, afastando-nos das conexões emocionais e impactando a qualidade de nossas interações humanas.

Estamos diante de um problema muito grave, como viver saudavelmente sem essa condição essencial a nossa existência? O relacionamento interpessoal é parte insubstituível do processo da vida, manter boas relações com quem nos cerca é vital para satisfazer as necessidades comuns à espécie humana, como viver em sociedade e construir conexões significativas.

No trabalho, manter um bom relacionamento interpessoal é uma das exigências mais comuns em descrições de vagas de emprego e processos seletivos. Afinal, os resultados e o sucesso da empresa também dependem da capacidade de seus colaboradores manterem uma boa comunicação, trabalhar em equipe e lidar com situações desafiadoras.

O relacionamento interpessoal se refere à maneira de como um indivíduo se relaciona, interage e se comunica com outros indivíduos. Para desenvolver relacionamentos saudáveis, é necessário desenvolver a habilidade de se conectar de forma positiva com as pessoas ao seu redor, comunicar-se de forma efetiva, ser empático (compreender), lidar com conflitos, trabalhar em equipe, entre outras características.

Em outras palavras, quem desenvolve boas relações interpessoais com certeza viverá melhor em comunidade. Muitas portas se abrirão, já que essas habilidades são necessárias e imprescindíveis para lidar com os desafios da convivência humana. Portanto, quem se preocupa em desenvolver habilidades interpessoais saudáveis, aumentará consideravelmente as chances de melhorar seu nível de felicidade, satisfação e qualidade de vida.

Preste mais atenção às pessoas ao seu redor, ouça atentamente, compreenda, não julgue antecipadamente, valorize as ideias dos outros, crie conexões emocionais e, acima de tudo, comunique-se e relacione-se. Um novo mundo se abrirá diante de seus olhos. Acredite!

*Paulo Slobodzian é CEO da Gente em Foco – Consultoria de Gestão Empresarial, Comercial e Financeira.

 
 
Cuiabá MT, 21 de Maio de 2024