Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020, 15:48 - A | A

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020, 15h:48 - A | A

IVETE BARROS

O sentimento do ano

Ivete Barros*

Se pudéssemos eleger o sentimento do ano de 2020, ele seria a falta. O dicionário a classifica como ato ou efeito de faltar; de não estar em um lugar onde se poderia ou deveria estar; ausência.

2020 veio para nos ensinar muito, ainda mais na nossa rotina de estudo. O quanto tivemos que aprender, a nos adaptar as videoaulas e a uma nova forma de educar e ensinar os nossos alunos. Nossas escolas que eram tão barulhentas e cheio de vidas, ficaram em um silencio ensurdecedor, as salas de aula, antes tão cheias de olhares curiosos e interações, foram preenchidas pelo vazio do distanciamento social.

Nós sentimos falta porque temos uma tendência a criar familiaridade e segurança com os nossos professores e colegas da escola. Afinal, afeto também é uma forma de aprendizado.

Mas 2020 vem chegando ao fim, e junto com ele queremos deixar tudo o que foi de ruim e doloroso e levar com a gente apenas os bons aprendizados.

Esperamos que em 2021 possamos estar ainda mais juntos e unidos, como uma grande família.

Com muito amor e carinho,

 

* Ivete Barros é diretora do Educandário Jardim das Goiabeiras, em Cuiabá.

Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024