Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Sexta-feira, 08 de Março de 2024, 08:44 - A | A

Sexta-feira, 08 de Março de 2024, 08h:44 - A | A

GLAUCIA AMARAL

Uma visão sobre o Dia da Mulher

Glaucia Amaral*

O Dia Internacional da Mulher, além de um dia de reconhecimento é também momento de aproveitar a atenção com o tema para uma reflexão. A luta pela igualdade e pela correção de injustiças, possibilita um enriquecimento profundo das nossas relações sociais, negociais, culturais, educacionais e interpessoais, pois traz o ponto de vista do feminino. Não o feminino como o outro do masculino, como diziam os filósofos antigos, mas o feminino como nós vemos hoje, na prática, as pessoas que estão diariamente lado a lado.

Então, há muita beleza nesse movimento que dá voz à mãe, à irmã, à tia, à avó, a amiga, a colega de trabalho, a companheira, à mulher amada, construindo uma realidade muito mais rica e diversa. Há 26 anos na advocacia, já acompanhei grande parte das transformações e avanços na prerrogativa da mulher advogada e acredito que as mulheres são o futuro do mundo jurídico.

As mulheres advogadas também caminham para os tribunais. Num grande desafio que só me trouxe resultados positivos. Fiz parte da lista sêxtupla enviada pela OAB para a vaga de desembargador(a) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Atualmente, somos 57% de mulheres dentro dos escritórios, segundo o estudo “Como está a diversidade de gênero nos escritórios de advocacia no Brasil”, realizado pela Women in Law Mentoring Brazil, de 2022. Neste ambiente da advocacia e dos tribunais, há conquistas e avanços quanto as prerrogativas da mulher advogada.

Dentre elas a permissão para que gestantes ingressem em Tribunais sem serem submetidas a detectores de metais, a suspensão de prazos processuais por até 30 dias para gestantes, desde que comunicado ao cliente, assim como a preferência na ordem das sustentações orais e nas audiências a serem realizadas a cada dia. São avanços constantes. São olhares constantes.

O Dia da Mulher vai muito de reconhecer sua força, mas de reforçar sua capacidade de brilhar por todas, mostrar os nossos talentos, sermos inspiração umas para as outras, assim como para as novas gerações.

A grande mensagem para as mulheres e meninas neste dia é: busquem a independência. financeira, emocional, profissional, educacional, cultural. Para os homens e meninos: independências nos mesmos pontos. Pois somente seres humanos inteiros conseguirão conviver em harmonia. Eu acredito!

*Glaucia Amaral é procuradora do Estado, advogada pública, e presidente da Comissão da Mulher na OAB

 
 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024