Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022, 10:51 - A | A

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022, 10h:51 - A | A

TRÁFICO DISFARÇADO

Casal vende doces misturados com drogas na porta de escolas em Cuiabá e termina na cadeia

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um casal que comercializada droga misturada em doces e outros alimentos, foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), na quarta-feira (26.10), no bairro Alvorada, em Cuiabá.

O suspeito de 24 anos e a mulher de 29 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Outras duas pessoas responderão Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por uso de drogas.

 

As diligências iniciaram após denúncias de que um casal, vinham fabricando doces misturados com maconha e vendendo sob encomenda, inclusive em escolas para adolescentes e adultos.

Durante apuração foi verificado que os investigados possuíam uma conta na rede social do Instagram, denominada “Doce Onda”, e nesse perfil faziam a propaganda de extrato de “cannabis” (maconha) e de doces contendo a mesma substâncias.

Com base nos fatos, o endereço dos suspeitos passou a ser monitorado quando no final da tarde de quarta-feira (26), foi avistado um automóvel estacionando na frente do imóvel. Duas pessoas entraram e logo saíram da casa com uma sacolinha de cor rosa escrito “Doce Onda”.

Em seguida foi realizada a abordagem e na posse das duas pessoas, foi encontrado um vidro de extrato de cannabis, um doce com o nome "Canatrópico" e uma porção de maconha. Na ocasião, elas relataram que pagaram o valor de R$ 125 pelos produtos.

Ato contínuo os policiais civis foram até a residência investigada, onde foram recebidos pelo homem, que ao ser questionado sobre a venda de doces com maconha, este afirmou que havia vendido um pedaço de Skank, um vidro com extrato da substância THC, além do doce "Canatrópico".

Na casa foram apreendidas mais doces contendo extrato de maconha, Skank, dois potes grandes com várias porções de maconha e de cocaína, diversos materiais usados para o tráfico, uma balança de precisão, o valor de R$ 4,2 mil em dinheiro, entre outros objetos.

No local havia em cima da mesa, vidros com lubrificante com extrato da maconha, doces contendo maconha, embalagens de docinhos, sacolinhas, adesivos e figurinhas com o nome “Doce Onda. Na geladeira havia uma embalagem contendo maconha possivelmente para ser usada na confecção dos doces.

Diante do flagrante o casal foi conduzido até a DRE, interrogado e autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após a confecção dos autos, os dois presos foram colocados à disposição da Justiça.

 
Cuiabá MT, 25 de Junho de 2024