Cuiabá, 16 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Sábado, 13 de Março de 2021, 17:09 - A | A

Sábado, 13 de Março de 2021, 17h:09 - A | A

A SANGUE FRIO

Delegado irá ouvir testemunhas da morte de dono de oficina

Da Redação

O delegado Ricardo Sarto, do munícipio de Comodoro (453 km de Cuiabá) informou que, para o caso da morte de Wesley Rangel Machado, 40, assassinado na última terça-feira (9), ainda está ouvindo testemunhas. O empresário foi morto dentro de sua oficina mecânica, por Diego Santos Barbosa, 29 anos.

O servidor municipal foi preso em flagrante no dia do crime, em seu carro estacionado no pátio da Prefeitura. Ele invadiu a oficina mecânica e executou Wesley com pelo menos cinco tiros.

A motivação seria uma possível traição. Diego encontrou 'conversas' entre a esposa e o empresário, versão contestada pela família da vítima.

Ao Estadão Mato Grosso, o delegado contou que Diego disse em depoimento, que chegou na oficina e deu um tapa no boné de Wesley, e, com a reação deste e a ida dele para trás do balcão, efetuou os disparos. 

Segundo Sarto, a mãe de Diego esteve presente no local e tentou impedir o filho de cometer o crime.

O delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pela justiça.

 

Cuiabá MT, 16 de Julho de 2024