Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2024, 12:01 - A | A

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2024, 12h:01 - A | A

CONFIRA A LISTA

Gaeco denuncia 51 golpistas por desvio de R$ 21,5 milhões de servidores públicos de MT

Da Redação

O Ministério Público Estadual (MP-MT), por meio do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), denunciou 51 pessoas envolvidas em um esquema de golpe da portabilidade, que desviou R$ 21,5 milhões nos períodos entre 2018 e 2023, nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Brasília, Ji-Paraná-RO e São Paulo-SP.

Todos eles foram denunciados por associação criminosa, estelionato eletrônico e lavagem de dinheiro. A Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes de Cuiabá, acredita que exista outros possíveis agentes ainda não identificados que integraram organização criminosa.

Os crimes tiveram como vítima principal uma instituição que presta serviços de pagamentos, transferências de valores e portabilidade de salário, assim como diversos servidores públicos e outras pessoas que tiveram seus salários desviados para contas falsas, criadas pelos golpistas. 

Conforme a denúncia, o esquema funcionava com criação de contas na plataforma do Mercado Pago, utilizando indevidamente os dados pessoais dos reais beneficiários dos valores, bem como apresentando documentos falsificados e, ainda, realizavam a validação da conta, mediante fotografia pessoal “selfie”, apresentando-se como se fossem os usuários/correntistas do serviço oferecido pela plataforma.

Durante análise financeira dos investigados, apurou-se que alguns líderes, entre eles, o suspeito Heitor Rocha Machado, movimentou o valor superior a R$ 9 milhões. Vários dos investigados possuem antecedentes criminais. 

“Estelionato mediante fraude eletrônica, causando à vítima Mercado Pago prejuízo em torno de R$ 23.542.771,31 (vinte e três milhões, quinhentos e quarenta e dois mil, setecentos e setenta e um reais e trinta e um centavos), de acordo Id. 134788727 - Pág. 174-175, visto que a referida empresa arcou com toda a compensação de seus clientes, que foram vítimas da atuação da ORCRIM, conforme Relatório de Id. 134788727”, consta no documento.

DENUNCIADOS:  

ADRIANO JUNIOR MORAIS DA SILVA, ADEMIR GERONIMO DA ROCHA, ALCIM GOMES EVANGELISTA FILHO, ALEX VITOR DA SILVA, ALEXANDRE RODRIGUES DE PAULA, ANDRESSA ALLEN MORAIS DA SILVA, ANNDRELLA PEREIRA DA SILVA, BRUNA SOUZA DE JESUS, CLEITON SANTOS FERREIRA, CLEVERSON RIBEIRO OLIVEIRA, CLEY RUBENS RODRIGUES DA CRUZ, COSME NETO SANTANA, DAMIÃO NETO SANTANA, DANIEL ALVES PEREIRA, DAVID MATHEUS RIBEIRO DOS SANTOS, DOUGLAS LEONARDO MACIEL, DOUGLAS MENEGOTTO LIMA, EIDIANE ALMEIDA SOUZA DUARTE, EMERSON CARLOS DA SILVA PINTO, EMELLY LUANA DA SILVA, HEITOR ROCHA MACHADO, HUGO GUILHERME NEDEL, HYALLEN ROCHA MACHADO, IRES RIANE RODRIGUES DO CARMO, ISABELA CRISTINA CASSIANO, JOSE VICTOR DE LANA SINIKEVICZ, JOSÉ DEODATO CORREIA JUNIOR, JUSCILAINE DA SILVA MALHEIROS, JÚLIA DE ALMEIDA MARINHO, LAURICIO BARBOSA DA SILVA, LEANDRO ROMARIO RAMOS DE MOURA, LETICIA CRISTINA SOUZA CORREA, MARIA EDUARDA SANTOS SILVA, MARLY DA SILVA RODRIGUES, MICHELLE FERNANDA ALMEIDA DOS SANTOS, MILLAINY MENDES DE LIMA, MILLENY MENDES DE LIMA, RAFAEL JUNIOR NAZARIO DE SIQUEIRA, RAIZA PEREIRA DOS SANTOS, RAQUEL IASMIM MAURICIO DE SOUZA, REINIS REGIS DE SOUZA PASSOS MENDES RENAN CARLOS VITALINO, RENAN DA SILVA BOMDESPACHO, RENATO EDUARDO LUDWIG ESTEVO, RODRIGO BEZERRA PEGORARO, SUELEN ADAMES DE OLIVEIRA, THAYNARA SANTIAGO DA SILVA, THAYS OLIVEIRA DA SILVA SOARES, VINICIUS NASCIMENTO DOS SANTOS PEREIRA, WENDER ROSSANI BEZERRA e WILLIAN CESAR FIGUEIREDO CAVALHEIRO.     

VEJA A MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DE CADA UM DELES:

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024