Cuiabá, 22 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Quarta-feira, 03 de Março de 2021, 16:53 - A | A

Quarta-feira, 03 de Março de 2021, 16h:53 - A | A

Homem encontrado nu e amarrado foi executado por C

Homem encontrado nu e amarrado foi executado por CV após distúrbio ser confundido com assédio

Fernanda Renaté

A vítima de uma brutal execução, Roberto Magno Rodrigues da Silva, de 55 anos, tinha um raro distúrbio. Ele tinha síndrome de Tourette, que envolve movimentos repetitivos incontroláveis ou sons indesejados (tiques). Em meio a uma crise, sua síndrome foi confundida com “assédio sexual” por uma suposta integrante do Comando Vermelho, que decidiu ordenar o assassinato de Roberto. Após o crime, ele foi encontrado pela irmã nu, amarrado e amordaçado dentro de casa na última segunda-feira (25).

Roberto desenvolveu a síndrome de Tourette logo ao nascer. Ele realizava movimentos repetitivos incontroláveis ou sons indesejados, como piscar repetidamente os olhos, encolher os ombros ou deixar escapar palavras ofensivas. Roberto fazia tratamentos com medicação e terapias psicológicas. Querido por tudos, a vítima trabalhava há muitos anos no setor administrativo do Centro de Assistência Psicossocial Adauto Botelho.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Estadão Mato Grosso, Roberto começou a ser ameaçado após uma mulher faccionada confundir os “tiques” com assédio moral.

No dia do crime a irmã de Roberto recebeu uma mensagem estranha, e decidiu ir até a casa do irmão, no bairro Parque Geórgia, em Cuiabá. Ao chegar no local encontrou o homem já sem vida, amarrado e com sinais de tortura. Os investigadores do caso já trabalhavam na linha investigativa de que o crime teria sido cometido por um intergrante da facção Comando Vermelho devido à semelhança nos requintes de crueldade notáveis na execução. 

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024