Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024, 07:33 - A | A

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024, 07h:33 - A | A

MONSTRO COVARDE

Homem esfaqueia esposa e manda filha pequena ir socorrê-la

Assessoria de Imprensa | Polícia Civil

Um homem que tentou matar sua esposa a facadas no ano de 2014 teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (21.02), em ação realizada pelos policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá).

O suspeito de 46 anos estava com mandado de prisão preventiva decretado pela Segunda Vara Criminal e Cível de Cáceres, desde o ano de 2018, pelos crimes de tentativa de homicídio, uma vez que na época dos fatos ainda não estava previsto a qualificadora do feminicídio.

A ação faz parte da Operação Hera (deusa grega protetora das mulheres), que tem como foco o combate aos crimes de violência doméstica e familiar na cidade de Cáceres.

O crime ocorreu há 10 anos, em fevereiro de 2014, quando o suspeito efetuou diversos golpes de faca contra a vítima, na época de 38 anos de idade. Após os fatos, o suspeito passou na residência em que a sua filha menor de idade estava e mandou que ela voltasse para casa, porque a mãe estava passando mal.

Ao entrar na casa, a menina encontrou a mãe caída no chão, com uma perfuração no abdômen e o seu irmão de apenas 02 anos de idade, acordado, no mesmo quarto em que a mãe estava. A vítima foi socorrida e conseguiu sobreviver aos ferimentos.

Em conversa com testemunhas, foi relatado que o suspeito fazia uso de entorpecentes e bebida alcoólica, além de ser bastante agressivo, agredindo frequentemente a esposa, inclusive na frente dos filhos do casal.

Com informações do paradeiro do procurado, os policiais da DEDM conseguiram localizá-lo em uma residência no bairro Cavalhada II, em Cáceres, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva. Ele foi conduzido à delegacia para as providências cabíveis, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Segundo a delegada titular da Delegacia da Mulher de Cáceres, Paula Gomes Araújo, além do mandado de prisão em aberto pelo crime, o suspeito ainda é alvo de investigação em outro inquérito policial em andamento na especializada. “Isso mostra que ele é reincidente na prática de crime de violência doméstica e que nesses anos em que ficou foragido continuou as agressões contra mulheres”, disse a delegada.

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024