Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Terça-feira, 02 de Janeiro de 2024, 09:50 - A | A

Terça-feira, 02 de Janeiro de 2024, 09h:50 - A | A

PRINCESINHA DO CRIME

Ladra foragida é presa tentando furtar caminhonete no Parque das Águas

Da Redação

A procura por Ingridy Polliana Santos Pereira chegou ao fim na noite desta segunda-feira, 1° de janeiro, em Cuiabá. Ela foi presa tentando furtar uma caminhonete S10 no estacionamento do Parque das Águas, junto com um comparsa identificado como Leandro.

Ingridy ficou conhecida como a Princesinha do Crime, após cometer vários furtos de carros com a irmã nos pontos turísticos de Mato Grosso. No momento da prisão, ela estava dentro de um outro carro aguardando o comparsa furtar a caminhonete.

A Polícia Militar foi acionada para verificar uma ocorrência de furto de um Toyota Corolla preto no bairro Consil. Porém, a dupla já tinha fugido quando os policiais chegaram ao local.

Os militares continuaram fazendo rondas em busca dos suspeitos e, ao passar pelo Parque das Águas, viram Leandro abrindo a caminhonete S10 com uma chave de fenda. Ao perceber a presença da Polícia, Leandro entrou correndo no Corolla, mas os militares desceram da viatura e deram voz de prisão por tentativa de furto.

Dentro do Corolla estava uma mulher no banco do carona. Quando os policiais pediram para ela descer, ela se identificou com Ingridy.

ENTENDA

As irmãs Ingridy Polliana Santos Pereira e Islayne Raysa Pereira Ferreira foram alvos da operação Turismo Seguro, deflagrada no dia 14 de novembro, para prender membros de uma quadrilha especializada em furtar veículos em pontos turísticos de Mato Grosso. Conhecidas como Princesinhas do Crime, as irmãs possuem um longo histórico criminal e conseguiram escapar da prisão no dia da operação.

As duas chegavam a se cadastrar em agências de turismo para atuarem como guias. Porém, enquanto os turistas se divertiam, as duas aproveitavam para furtar itens de valor que as vítimas carregavam em seus veículos.

Conforme informações, as irmãs escolhiam veículos de luxo e depois voltavam para Cuiabá para revender o material furtado.

Vídeo

 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024