Cuiabá, 18 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Segunda-feira, 28 de Junho de 2021, 10:35 - A | A

Segunda-feira, 28 de Junho de 2021, 10h:35 - A | A

SEM LIMITES PRA VIOLÊNCIA

Mulher é estuprada após sair da cadeia e aceitar carona de membro do CV

Uma mulher, de 29 anos, foi vítima de estupro na madrugada deste domingo (27), em um posto de gasolina na rodovia MT-322, próximo à cidade de Matupá (717 km de Cuiabá). Ela tinha acabado de ser liberada da prisão e aceitou a carona do suspeito, de 19 anos, que se apresentou como "irmão"  Facção Criminosa Comando Vermelho.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias em tempo real (clique aqui).

De acordo com o boletim de ocorrência, após o abuso, por volta das 02h30 a mulher acionou a Polícia Militar via 190. A polícia foi até o endereço indicado, e encontrou a vítima em uma borracharia próxima ao posto Trevão.

Ao chegar no local, a vítima relatou aos policiais que estava na Delegacia de Peixoto de Azevedo, após ter cumprido pena em União do Norte.

Na saída da delegacia, dois rapazes em uma moto ofereceram carona até a cidade de Matupá. Nesse momento, ela aceitou e um dos rapazes desceu da moto, sedendo seu lugar a ela. 

Durante o trajeto, o suspeito parou a motocicleta e a jogou no chão. Ele forçou a mulher a praticar o ato sexual e durante a violência, a vítima relatou que o agressor dizia a todo momento que era integrante do Comando Vermelho.

Após o crime, ele abandonou a mulher na rodovia e fugiu.

Em posse das características do suspeito, equipes da Polícia Militar realizaram rondas, mas até o fechamento desta matéria nenhum dos suspeitos havia sido localizado.

Os policiais acionaram o Samu e a mulher foi encaminhada ao Hospital Municipal de Matupá onde recebeu atendimento médico.

O caso será investigado pela Polícia Civil. 

Cuiabá MT, 18 de Julho de 2024