Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Terça-feira, 15 de Novembro de 2022, 11:25 - A | A

Terça-feira, 15 de Novembro de 2022, 11h:25 - A | A

ABANDONO DE INCAPAZ

Tios abandonam sobrinhos na porta da delegacia após irmão ser preso por tentativa de feminicídio

Da Redação

Um homem suspeito de tentativa de feminicídio praticado contra a ex-companheira foi preso em flagrante pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar, no sábado (12.11), em ação realizada no município de Campos de Júlio. Após a prisão, os irmãos do suspeito buscaram os filhos dele em casa e deixaram na porta da delegacia, sendo autuados em flagrante pelo crime de abandono de incapaz.

As diligências iniciaram na madrugada de sábado, quando a vítima que é ex-companheira do suspeito foi até a delegacia bastante ferida para comunicar que tinha sido agredida pelo ex-marido. A vítima foi socorrida pelo policial plantonista e encaminhada para o hospital, sendo imediatamente iniciadas as buscas pelo agressor.

 

Segundo as informações, o ex-marido mora com o irmão na casa vizinha à da vítima. No dia dos fatos, o suspeito estava ingerindo bebida alcoólica com o irmão, enquanto ela estava em casa sozinha, momento em que ele entrou e passou a agredi-la verbalmente. Na sequência, o suspeito pegou uma faca e passou a desferir vários golpes contra a vítima, dizendo que mataria a ela e a seus filhos.

Nas diligências na casa do suspeito, os policiais encontraram a faca utilizada para aplicar os golpes contra a vítima. O suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia de Campos de Júlio, onde foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio.

Em protesto à prisão, os irmãos foram até a residência da vítima onde buscaram os sobrinhos de 4 e 5 anos, deixando as duas crianças na porta da delegacia, dizendo frases como “Prenderam meu irmão agora cuidem dos filhos dele” e fugindo em seguida do local.

Os suspeitos foram perseguidos pelos policiais e após serem detidos, foram conduzidos à Delegacia, onde foram autuados em flagrante por abandono de incapaz.

 
Cuiabá MT, 25 de Junho de 2024