Cuiabá, 18 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Terça-feira, 02 de Março de 2021, 10:11 - A | A

Terça-feira, 02 de Março de 2021, 10h:11 - A | A

FECHANDO O CERCO

Assembleia fará sessão urgente para aprovar multa contra "furões" do toque de recolher

Gabriel Soares e Jefferson Oliveira

Apesar de a Assembleia Legislativa estar fechada até o dia 8 de março, os deputados estaduais vão se reunir virtualmente para uma sessão extraordinária de urgência nesta terça-feira (2), com o objetivo de aprovar o projeto de lei que estabelece multa para quem descumprir as normas sanitárias em Mato Grosso.

A proposta foi feita pelo governador Mauro Mendes (DEM) nesta segunda-feira (1º), junto com o anuncio de um toque de recolher em todo o território estadual, entre as 21h e as 5h. A princípio, a matéria prevê multa de R$ 500 para pessoas físicas que forem flagradas burlando o toque de recolher. Também haverá multa para empresas, mas os valores não foram revelados.

“Todos os deputados já colocaram no grupo [de WhatsApp] que são favoráveis, entendem o momento pelo qual Mato Grosso passa e precisam dar sua contribuição”, adiantou o presidente da Assembleia, Max Russi (PSB).

Sobre as novas medidas anunciadas pelo governador, Russi avaliou que elas não foram tão rígidas quanto era esperado. Até por isso, há um maior clima de cooperação entre todos os agentes públicos envolvidos.  

“É uma decisão acertada. Primeiro porque conversou com todos nós, conversou com os prefeitos, com os Poderes. Então, teve um amplo diálogo e chegou-se a um consenso que deve anunciar novas medidas. E não são as mais duras. Lógico que vai afetar alguns setores aí importantes, mas foi amenizado perto do que poderia ser tomado”, avaliou.

Cuiabá MT, 18 de Julho de 2024