Cuiabá, 13 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quinta-feira, 10 de Novembro de 2022, 11:28 - A | A

Quinta-feira, 10 de Novembro de 2022, 11h:28 - A | A

PROJETO PARA 2024

Botelho descarta disputar Prefeitura sem apoio do União Brasil

Da Redação

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, disse que a única possibilidade de disputar a prefeitura de Cuiabá em 2024 seria apenas com apoio do seu partido, o União Brasil.

No último mês, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) comentou sobre um encontro com Botelho, em que foi comunicado sua vontade de disputar o Palácio Alencastro e o questionado se tinha sua simpatia ao projeto.

 

No entanto, Emanuel é adversário político do governador Mauro Mendes, principal liderança do União Brasil, e a possibilidade de um possível apoio do emedebista a Botelho não foi bem visto pelo governador, que não pretende estar no mesmo palanque que ele.

“Só existe uma possibilidade, eu ser candidato desse grupo do União Brasil. Eu não tenho outra possibilidade. Então, eu vou viabilizar isso ou não. Mas essa é uma discussão que vai acontecer ao longo do tempo, não é uma discussão para agora, não é a discussão do momento, nem tomamos posse ainda do outro mandato, então é uma discussão prematura”, disse em entrevista à imprensa.

Apesar de afirmar que o assunto é prematuro, lideranças políticas comentam sobre a articulação de Botelho para 2024, mas o deputado falou que apenas manifestou sua vontade de concorrer ao cargo e que só efetivará o projeto caso tenha apoio do partido e popular.

“Eu disse só da minha vontade, mas para mim chegar lá, acho que todos os mato-grossenses, cuiabanos, tem a vontade de ser prefeito […] isso não é algo que está na minha cabeça como algo intransponível. É uma vontade que eu tenho, mas eu não sei se chegando lá vou ter apoio popular, se o partido vai me querer como candidato, são várias coisas que tem de acontecer até lá”, destacou.

 
Cuiabá MT, 13 de Junho de 2024