Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Terça-feira, 12 de Março de 2024, 10:56 - A | A

Terça-feira, 12 de Março de 2024, 10h:56 - A | A

PESQUISA MT DADOS

Botelho lidera para prefeito de Cuiabá; Brunini aparece em 2º

Da Redação

A pesquisa divulgada nesta terça-feira, 12 de março, pelo Instituto MT Dados aponta o presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho (União), como favorito na disputa eleitoral em Cuiabá. Após a saída de Fábio Garcia (União) da disputa, Botelho disparou em comparação com a última pesquisa do Instituto Percent, divulgada no dia 6 de fevereiro.

Nas pesquisas divulgadas em 2023, Botelho estava em empate técnico com o pré-candidato Abílio Brunini (PL) em alguns cenários da pesquisa. Mas na pesquisa divulgada nesta terça-feira, 12, o candidato do União Brasil conseguiu sair dos empates técnicos e liderar sozinho e com fôlego.

No primeiro cenário analisado pelo Instituto MT Dados, Botelho aparece com 33% de intenções de votos, Abílio Brunini ocupa o segundo lugar com 19%. Já o terceiro lugar ficou com o petista Lúdio Cabral com 14% das intenções de votos, enquanto José Roberto Stopa (PV), vice-prefeito, e Juca do Guaraná (MDB) estão empatados tecnicamente, com 6% e 4%, respectivamente. Na lanterna está Marcos Ritella (PRD) junto com Ulysses Moraes (Novo), ambos com 1% das intenções de voto.

No segundo cenário da pesquisa, sem a participação de José Roberto Stopa, Marcos Ritella e Ulysses Moraes, o candidato do União Brasil se mantém na liderança com 34%, seguido por Abílio Brunini e Lúdio Cabral, com 19% e 15%, respectivamente. Na lanterna está o candidato Juca com 4%.

No terceiro cenário, Stopa substitui Lúdio como o candidato da federação dos partidos de esquerda. Neste caso, Botelho cresce 4 pontos na pesquisa e chega a 38% das intenções de votos, enquanto Abílio permanece em segundo lugar com os mesmos 19% dos outros cenários. O terceiro lugar está ocupado pelo candidato Stopa, com 7%, e por último Juca com 5%.

Nas pesquisas em cenário de segundo turno, o deputado Eduardo Botelho vence em todos os cenários em que ele está. Na disputa pelo segundo turno com Abílio, Botelho vence com 45% dos votos contra 21% do opositor. Já em disputa contra Lúdio, Botelho vence com 44% contra 18% do outro candidato. Contra Stopa, Botelho conquista 49% das chances de voto contra 8% de Stopa. No único cenário em que Botelho não está, a disputa é entre Abílio e Lúdio, em que os candidatos ficam empatados tecnicamente, com 25% e 24%, respectivamente.

REJEIÇÃO

Abílio Brunini lidera quando o quesito é a rejeição do eleitorado. Segundo a pesquisa, 22% dos entrevistados não votariam em Abílio de jeito nenhum. O segundo colocado é Juca do Guaraná, com 14% de rejeição.

O petista Lúdio Cabral fica em terceiro lugar neste quesito, com 13% de rejeição, e é seguido por Stopa, que tem 8%. A pesquisa aponta ainda que 5% dos entrevistados não votariam em Botelho de jeito nenhum. Os candidatos menos rejeitados são Marcos Ritella e Ulysses Moraes, ambos com 4%.

METODOLOGIA

A pesquisa foi realizada entre os dias 07 e 10 de março de 2024. Foram ouvidas 1.060 pessoas de forma presencial. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MT-07478/2024.

 
 
 
 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024