Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024, 17:52 - A | A

Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024, 17h:52 - A | A

ELEIÇÕES 2024

"Escolha de Botelho é pressão da família Campos e deputados", diz Abílio

Rafael Costa | Assessoria de Imprensa

Pré-candidato a prefeito de Cuiabá, o deputado federal Abílio Brunini (PL) avalia que a decisão do União Brasil em escolher o deputado estadual Eduardo Botelho para a disputa a eleição de outubro é desdobramento de uma pressão da tradicional família Campos e da maioria dos parlamentares da Assembleia Legislativa.

"O candidato que representa o perfil do governador Mauro Mendes, não tenho dúvidas, é o Fábio Garcia. A escolha do Botelho foi uma decisão partidária, tomada após muita pressão do senador Jayme Campos e do deputado Júlio Campos. E também da maioria dos deputados estaduais. A saída do Botelho da Assembleia Legislativa representa uma abertura de poder. Natural que os parlamentares estaduais queiram apoiá-lo", disse.

Na avaliação de Abílio, o governador Mauro Mendes tende a não se engajar 100% numa campanha de Botelho a prefeito de Cuiabá. "O Botelho nunca escondeu que mantém laços políticos estreitos e negócios com a Prefeitura de Cuiabá. É uma versão Emanuel 3.0. Um apoio amplo e irrestrito do governador Mauro Mendes é inimaginável", completou.

Ainda são pré-candidatos a prefeito de Cuiabá o deputado estadual Lúdio Cabral pela Federação Brasil da Esperança, formada pelo PT, PV e PCdoB, o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), a suplente de deputada federal, Rosa Neide (PT).

 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024