Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 09:17 - A | A

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 09h:17 - A | A

PRIMEIRA HABILITAÇÃO

Fabio destina R$ 2 milhões para implantação do CNH Social

Glaucio Nogueira/Assessoria

Deputado federal licenciado, o chefe da Casa Civil, Fabio Garcia (União), destinou R$ 2 milhões em emendas parlamentares para a implementação do novo programa CNH Social, lançado nesta quarta-feira (24.01) pelo governador Mauro Mendes (União). O programa vai beneficiar aproximadamente 10 mil pessoas a conquistar a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Garcia destacou que os recursos destinados por ele são uma forma de contribuir para que o programa possa ser implementado e atender os mato-grossenses, dando a estas pessoas condições de, por exemplo, conquistarem empregos de qualidade.

“Hoje esse projeto sai do papel para beneficiar muitos mato-grossenses em situação de vulnerabilidade. Não tenho dúvida alguma que com a CNH social podemos fazer aquilo que é mais importante para essas pessoas, oferecer uma oportunidade. O melhor programa social que podemos fazer é oferecer emprego de qualidade”, afirmou.

Na mesma linha, Mendes salientou que um programa como o CNH Social faz com que o Poder Público cumpra seu papel, mas só é possível porque o Governo do Estado, ano após ano, tem se esforçado para fazer com que o gasto público ocorra com eficiência. “O estado tem muitas obrigações, muitos deveres, mas essencialmente ele precisa produzir o bem comum e um resultado melhor para a sociedade”.

O projeto da CNH Social foi criado com base na lei apresentada pelo deputado estadual Cláudio Ferreira (PL), que irá destinar R$ 6 milhões em emendas para o programa. Somado aos recursos dos dois parlamentares, o Governo de Mato Grosso irá alocar outros R$ 10 milhões. Ferreira fez questão de agradecer Fabio por sua atuação neste projeto.

“Quero agradecer ao chefe da Casa Civil, que nos ajudou muito nas articulações. Esse projeto pode mudar a história de muitas pessoas, que, por meio da CNH, podem ser introduzidas ao mercado de trabalho”, finalizou.

O programa garante a isenção de taxas e custeio da CNH, como curso teórico, aulas práticas e exames. Podem se inscrever para receber as isenções pessoas acima de 18 anos, que sabem ler e escrever, que moram em Mato Grosso há mais de um ano e que estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), do Governo Federal.

 
Cuiabá MT, 18 de Maio de 2024