Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024, 09:18 - A | A

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024, 09h:18 - A | A

RELAÇÃO ESTREMECIDA

Garcia nega que conversa todos os dias com Eduardo Botelho

Da Redação

Em primeira conversa com a imprensa após a decisão de Mauro Mendes (UB), o secretário-chefe da Casa Civil Fábio Garcia (UB) disse que foi leal ao partido até o final e afirma que não quer ser cobrado por lealdade ao partido. Ele também negou as informações de Botelho, que disse ter conversado com Fábio várias vezes após ser escolhido candidato. Garcia conversou com jornalistas na manhã desta quinta-feira, 22.

"Fiz uma construção bastante leal ao partido político que eu pertenço, né?! Então acredito que não há como ninguém me cobrar nesse momento lealdade ao partido", afirma. 

Nesta quarta-feira, 21, o deputado estadual Eduardo Botelho havia contado à imprensa na Assembleia Legislativa (ALMT) que conversava com Fábio Garcia todos os dias. Porém, nesta quinta-feira, Garcia revelou que eles só se falaram uma vez.

Leia mais aqui: Botelho garante “paz” com Fábio Garcia: “converso com ele todos os dias”

“Eu tive em Brasília a gente se falou por telefone bem rapidamente e não tivemos mais diálogo. A decisão foi muito recente, eu agora estou tratando das questões dessa minha permanência na Casa Civil. Temos tempo para isso ainda, bastante tempo, portanto, né?! Esperar um tempo, passar um pouco”, relatou.

Após a escolha de Mendes, Garcia recebeu várias mensagens de apoio, inclusive da primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, sua maior entusiasta.

Garcia, que tinha inicialmente o apoio do governador, foi deixado de lado após seis meses de conversa com Mendes. No último dia 15, Mendes escolheu o deputado estadual Eduardo Botelho como o candidato do partido.

“Não, não estou magoado. Já eu já me posicionei sobre isso aí [...] eu fiz um vídeo de esclarecimento a toda a cidade de Cuiabá sobre essa questão, era o que eu tinha para falar no momento”, explicou.

 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024