Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Segunda-feira, 05 de Fevereiro de 2024, 10:54 - A | A

Segunda-feira, 05 de Fevereiro de 2024, 10h:54 - A | A

NA CALADA DA NOITE

Novo presidente do PRD em MT foi escolhido de forma obscura, diz Campos

Da Redação

A escolha do novo presidente do Partido Renovação Democrática (PRD) em Mato Grosso, ex-secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho, foi feito na calada da noite com apenas uma ligação do governador Mauro Mendes (União Brasil). A informação foi revelada pelo deputado estadual Júlio Campos (União) nesta segunda-feira, 5. Carvalho havia anunciado que deixaria o cargo político para se empenhar nas empresas, mas não foi o que aconteceu.

“O presidente do partido (PRD) [Ovasco Roma Altimari Resende] alegou que foi uma proposta irrecusável, ele recebeu para não entregar o partido para os três deputados estaduais, que iriam para ele, Júlio Campos, Eduardo Botelho e Dilmar Dal Bosco, mas sim preferiu optar por entregar para ao governador através do senador Mauro Carvalho”, explicou.

Ao ser questionado sobre a “rasteira” que Mauro Mendes deu em seus colegas que viajaram até São Paulo para conversar com o presidente nacional do PRD sobre o futuro do partido em Mato Grosso, Campos cita um ditado sobre poder de governo.

“Você já ouviu falar um ditado, ‘governo é governo, poder é poder, cofre público é cofre público’ e assim por diante. A força do governo é muito grande”, afirma.

Com Mauro Carvalho comandando o PRD, mais uma porta está praticamente fechada para Botelho, uma vez que a liderança - na prática - será o governador, que apoia Fábio Garcia. Embora já tenha declarado apoio a Botelho, Júlio Campos já afirmou que não manterá o apoio, caso ele se filei a um partido rival ao atual grupo político.

 
Cuiabá MT, 18 de Maio de 2024