Cuiabá, 18 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quinta-feira, 04 de Março de 2021, 10:41 - A | A

Quinta-feira, 04 de Março de 2021, 10h:41 - A | A

GUERRA DESNECESSÁRIA

Para presidente da ALMT, passou da hora de Mauro e Emanuel fazerem as pazes

Jefferson Oliveira

O presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Max Russi (PSB), defendeu a união entre o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e o governador Mauro Mendes (DEM), e disse que uma briga nesse momento só causa uma incerteza ainda maior na população.

Max disse que as ocupações das UTIs estão em alta e a população não precisa assistir uma briga dos dois maiores chefes de Executivo do Estado.

“Eu acho que essa discussão entre prefeito e governador neste momento é muito ruim, porque a população está com um monte de incertezas, um monte de dúvidas, questão de emprego, de fechamento de empresas. Enfim, todo esse tipo de dúvida e uma pandemia que está preocupando a todos”, falou o presidente.

Max citou que a medida, mesma que dura neste primeiro momento, é necessária para que Mato Grosso não fique como Santa Catarina, onde pacientes em UTIs estão sendo transferidas para o Espírito Santo. Caso semelhante acontece no Paraná e na Bahia.

“O momento é bastante preocupante e precisamos de todo mundo unido procurando soluções, e isso que a população vem cobrando dos políticos e a gente precisa neste momento de líderes e lideranças convergindo em ações que possam dar um pouco de ânimo e tranquilidade para a população”, acrescentou.

Por fim, Max relatou que acredita muito na compreensão e sensibilidade por parte da população, e que dentro de 15 dias a taxa de ocupação nos hospitais diminua por conta da covid-19.

Cuiabá MT, 18 de Julho de 2024