Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Terça-feira, 07 de Maio de 2024, 15:45 - A | A

Terça-feira, 07 de Maio de 2024, 15h:45 - A | A

VEJA VÍDEO

Vereadores trocam acusações e até ameaça de morte: "se tiver que morrer ou matar estou pronto"

Da Redação

Os vereadores Rogério Varanda (PSDB) e Marcrean Santos (MDB) protagonziaram um bate-boca na sessão plenária desta terça-feira (7).

A discussão começou com Varanda dizendo que ao novo líder do prefeito Marcrean: "vereador tenho respeito por você e espero não brigar com você, respeita o meu quadrado e eu respeito o seu quadrado. Então a situação não está fácil para nenhum de nós aqui. Estou pronto pra guerra, se tiver que morrer estou pronto, se tiver que matar estou pronto. Então, venha que estou fervendo, não quero mais ser chamado de bobo da corte. Quero respeito, e vou começar jogar tudo pro ar e vai perder todo mundo, inclusive eu", disparou Varada.  

 

Já Marcrean disse que Varanda estaria revoltado porque estaria com "choradeira por cargo": "Eu não imagino do que ele está falando, porque eu não tenho negócios com ele. É somente parceiro de parlamento, e eu não tenho um fio desencapado com ninguém aqui. Eu imagino o que ele queira, então,  o senhor vai lá no Emanuel Pinheiro porque eu não sou prefeito, vai lá no Emanuel Pinheiro. O problema do senhor é a choradeira por cargo? Não vem usar meu nome e fazer afronta. O senhor vem aqui com palavras de revanchismo e brincadeira tem hora, só me respeita como sempre te respeitei", revidou Marcrean. 

 
 
 
 
 
 

VÍDEO

 
Cuiabá MT, 21 de Maio de 2024