Cuiabá, 22 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024, 14:25 - A | A

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024, 14h:25 - A | A

ESQUENTA ELEITORAL

VÍDEO: Botelho diz que Cuiabá está em “situação caótica”; Emanuel vê crítica infundada

Da Redação

Depois das recorrentes críticas disparadas pelo presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (UB), quanto à situação das contas da Prefeitura de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) resolveu responder o pré-candidato, a quem ele chama de “amigo”. Botelho tem dito que a Prefeitura “vive em uma situação caótica” e “deve todo mundo”.

“O cargo de prefeito da capital é um cargo honroso, de muita responsabilidade. E a nossa população é inteligente, crítica, extremamente politizada. E quando eu vejo o deputado Eduardo Botelho, meu amigo, presidente da Assembleia Legislativa, vir com declarações totalmente infundadas, eu fico preocupado com o rumo dos debates. [...] Ele precisa mostrar serviço para o governador, mas que o faça de forma responsável, com o domínio e conhecimento de causa. Ele fez o contrário ao falar ao tentar vender uma ideia, uma falácia de que a prefeitura está aí endividada, ele partiu para informações totalmente rasas, superficiais”, criticou.

Pinheiro questiona sobre quais tipo de dívidas o presidente da Assembleia se refere ao fazer as críticas. Ele ainda ressaltou a evolução da situação de Cuiabá no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

“Que dívidas são essas? A dívida fundada, a dívida flutuante ou a dívida consolidada? O histórico dessas dívidas, não deu para entender. Quando parecer do meio sem pauta, ele vem criticar a educação pública municipal. Pelo amor de Deus! [...] É só olhar o nosso histórico do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, pontuou.

Enquanto isso, Botelho sempre que é questionado sobre sua relação com Emanuel Pinheiro, diz ser apenas “institucional”, de deputado com um prefeito. Há alguns dias, o parlamentar acusou a gestão de Emanuel pinheiro de dever todo mundo. Leia mais: Botelho afirma distanciamento de Emanuel: “gestão atual deve todo mundo”

 

 
 
 
 
Cuiabá MT, 22 de Maio de 2024