Cuiabá, 18 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Segunda-feira, 05 de Setembro de 2022, 17:47 - A | A

Segunda-feira, 05 de Setembro de 2022, 17h:47 - A | A

TRETA DO FERIADO

VÍDEO: Servidora tenta impedir participação de estudantes nos desfiles de Sete de Setembro

Da Redação

Um áudio atribuído a uma diretora do Diretório Regional de Educação (DRE) do Araguaia causou polêmica nesta segunda-feira (5), às vésperas do feriado de Independência Nacional, também conhecido como Sete de Setembro. A servidora teria dito aos diretores e professores de escolas que as comemorações do feriado eram consideradas aula de campo e, por isso, nenhum aluno poderia sem que os protocolos fossem seguidos. As palavras da servidora irritaram políticos e a população, que a acusou de estar coagindo as escolas a não participar das comemorações.

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), foi uma das que reclamou da atitude da servidora nas redes sociais, afirmando que se trata de uma atitude política. Em vídeo, Janaina também afirma que irá cobrar um posicionamento da Secretaria Estadual de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) acerca da atitude da servidora.

 

“Não podemos permitir o uso político dos nossos alunos em um desfile tão tradicional para o país como o 7 de setembro, data que marca a independência do nosso país e precisa ser celebrada, é uma festa cívica e muito importante para nossa população” escreveu na postagem.

O ato cívico do Sete de Setembro, diferente de uma aula de campo, não precisa da autorização de pais e responsáveis para que uma criança ou adolescente possa participar.

A suposta diretora do DRE usa uma portaria da Seduc como argumento para impedir a participação de escolas no ato e teria ameaçados diretores e professores, afirmando que medidas seriam tomadas caso acontecesse algo com os alunos.

A deputada Janaina classificou a ameaça como “absurdo”.

Em nota, a Seduc também se posicionou contra as falas da servidora e disse que incentiva a participação das escolas no ato cívico, que é realizado todos os anos nesse período. A Secretaria ressaltou que se trata de um feriado nacional e não de uma aula de campo.

Por fim, a Seduc afirmou que cada cidade planeja seu ato cívico e recomendou às escolas que sigam os protocolos sanitários recomendados pelos organizadores.

 

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) esclarece às Unidades Escolares da Rede Estadual de Ensino que:

1- A Seduc-MT apoia integralmente a participação de todos os profissionais da Educação e da Comunidade Estudantil no desfile cívico de 7 de Setembro;

2- É condição básica da Educação promover a participação de toda a sociedade em eventos civicos, como o 7 de Setembro;

3- O desfile não deve ser considerado como aula de campo, por ser comemorado em dia de Feriado Nacional;

4- Portanto, não há necessidade de utilização do Protocolo de Aula de Campo, uma vez que trata-se de um Ato Cívico;

5- Cada município está organizando o seu evento e as unidades escolares devem atender a essa convocação observando os protocolos de recomendaçōes sanitárias.

Veja vídeo: 

 
 
 
Cuiabá MT, 18 de Junho de 2024