Cuiabá, 18 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022, 15:14 - A | A

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022, 15h:14 - A | A

PEQUENOS PROTEGIDOS

Governo recebe vacina da Pfizer para bebês com mais de 1 mês de atraso

g1

O Ministério da Saúde recebeu nesta quinta-feira (27) cerca de 1 milhão de doses da vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19 para a imunização de bebês a partir de 6 meses até crianças de 3 anos.

O imunizante havia sido aprovado pela Anvisa há mais de um mês, em 16 de setembro, para crianças entre 6 meses e 4 anos de idade.

A aprovação da Anvisa permite que a vacina seja usada no país, entretanto o Ministério da Saúde determinou que, nesse primeiro momento, as doses serão destinadas para crianças de seis meses a menores de três anos com comorbidades.

O Ministério prometeu publicar uma nota técnica na próxima segunda-feira (31) com orientações para aplicação, público-alvo e distribuição das vacinas por estados.

 

A pasta também informou que a imunização de crianças nessa faixa etária sem comorbidades ainda vai ser avaliada pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

Atualmente o Ministério da Saúde precisa de cerca de 39 milhões de doses para vacinar as crianças brasileiras de 6 meses a 4 anos. O esquema vacinal previsto é de três doses.

Segundo dados do IBGE, o Brasil possui cerca de 13 milhões de crianças entre 6 meses e 4 anos. Tirando a faixa etária de 3 e 4 anos, que também pode ser vacinada com a Coronavac, o número de doses necessárias é menor: cerca de 21 milhões, em um cálculo aproximado.

 
Cuiabá MT, 18 de Junho de 2024