Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 17:06 - A | A

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, 17h:06 - A | A

INSALUBRIDADE

Alunos denunciam risco de incêndio e falta de água em alojamento da UFMT

Da Redação

Alunos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) denunciaram ao Ministério Público Federal (MPF) situações degradantes da Casa do Estudante Universitário. Relatos apontam para infestação de animais peçonhentos, falta d'água e início de incêndios no local, por causa da fiação. Eles fizeram uma manifestação na unidade para entregar o documento com as queixas ao reitor Evandro Aparecido Soares da Silva.

A casa abriga cerca de 40 alunos e apresenta problemas que põem em risco a vida dos moradores. Entre um dos episódios relatados, um aluno chegou a ser picado por escorpião no local.

Na denúncia enviada ao MPF, além dos problemas já relatados, os estudantes contam que há problemas no sistema de esgoto e elétrico da casa e problemas estruturais, devido à falta de saídas de incêndio.

“Em primeiro lugar, chamo a atenção para a flagrante ausência de medidas adequadas de segurança contra incêndios. A ausência de saídas de emergência constitui uma violação gritante do direito à vida, colocando em risco extremo a integridade física e a sobrevivência dos ocupantes em caso de sinistro. A situação se agrava consideravelmente devido aos problemas elétricos recorrentes na moradia, evidenciados pela queima periódica de lâmpadas e chuveiros elétricos (incluindo princípio de incêndio nos chuveiros)”, relata trecho da Denúncia Crime.  

 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024