Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Sábado, 06 de Janeiro de 2024, 22:08 - A | A

Sábado, 06 de Janeiro de 2024, 22h:08 - A | A

DÍVIDA MILIONÁRIA

Empresa de ônibus ameaça paralização por calote de R$ 17,2 milhões da Prefeitura

Da Redação

A empresa Caribus Transportes, que faz o transporte coletivo de Cuiabá, ameaçou paralisar as atividades por causa de uma dívida da Prefeitura de Cuiabá que ultrapassa R$ 17 milhões. No processo, que tramita no Tribunal de Contas do Estado (TCE), sob a relatoria do conselheiro Sérgio Ricardo, a concessionária denuncia o suposto calote. A empresa possui contrato com a prefeitura desde dezembro de 2019 e possui 24,22% dos lotes de serviços.  

A petição é assinada pelo advogado Ulisses Tavares da Silva Filho. Veja documento.

“Ocorre que hoje a Prefeitura Municipal de Cuiabá-MT possui aproximadamente como saldo devedor no montante de R$ 17.244.360,46 em razão da inadimplência dos subsídios que deveriam ser pagos para a Caribus, conforme certifica a Associação Matogrossense dos Transportes Urbanos-MTU, entidade associativa das empresas concessionárias de transporte coletivo urbano dos municípios de Cuiabá-MT e Várzea Grande-MT”, relatou.

Segundo a empresa, a dívida está causando problemas financeiros e dificultando seu funcionamento. A Caribus ainda alega que está recebendo diversas cobranças de seus fornecedores.

Para tentar se mantém, a empresa já fez um empréstimo de R$ 7 milhões.

“Ainda, em razão do inadimplemento da Prefeitura Municipal, a empresa Caribus não tem conseguido arcar com suas dívidas e corre o risco de busca e apreensão dos ônibus, o que afeta a coletividade, bem como, tem sofrido inúmeros protestos em cartórios”, afirma advogado.

A peça também tem anexados documentos de confissão de dívida assinadas pelas Secretarias Municipais de Fazenda e de Mobilidade Urbana (Semob).

 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024