Cuiabá, 21 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Domingo, 16 de Outubro de 2022, 11:23 - A | A

Domingo, 16 de Outubro de 2022, 11h:23 - A | A

DIGNIDADE E BEM-ESTAR

Outubro tem programação especial para idosos em Cuiabá

Da Redação

Durante o mês de outubro, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência realiza extensa programação em comemoração ao Dia Nacional da Pessoa Idosa, celebrado em 1º de outubro.  Rodas de conversa com o tema ‘Defesa da Dignidade e dos Direitos e Bem Estar da Pessoa Idosa’ serão realizadas nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social- Cras e Centros de Convivência de Idosos- CCI’s e parceiros.

Na próxima quarta-feira (19), a partir das 19 horas, na unidade do Cras do bairro Osmar Cabral será palco de mais uma atividade. Nesse mesmo dia, a ação ocorrerá na unidade do CCI João Guerreiro, a partir das 9 horas.  Os idosos lotados na Fundação Abrigo Bom Jesus, também receberão a visita da equipe. A Roda de Conversa será a partir das 13 horas.

 

Atualmente, cerca de 950 idosos são beneficiados com ações ofertadas pela Prefeitura de Cuiabá em quatro Centros de Convivência de Idosos, o Maria Ignês, na região do CPA, com 202 assistidos. Na região do Coxipó,  CCI João Guerreiro, com 241 idosos. Na região do Novo Horizonte, o CCI Aidêe Pereira, com 253 e no Centro, o CCI Padre Firmo, na região do Dom Aquino, com 254 assistidos.

“Dentre as metas propostas pela gestão Emanuel Pinheiro está a promoção do suporte necessário aos idosos assistidos pelo município. Faz-se oportuno ressaltar que a Prefeitura conta com quatro unidades dos Centros de Convivência para Idosos- CCI’s, onde são ofertados serviços voltados para esse público. A gestão Emanuel Pinheiro tem uma atenção especial com os nossos idosos. Cabe então, a nós, trabalharmos para oferecer todo atendimento com excelência”, declarou a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

UNIDADES- O município de Cuiabá conta com quatro (4) unidades voltadas ao atendimento da pessoa idosa. Nos Centros de Convivência dos Idosos- CCI’s Maria Ignês, João Guerreiro, Padre Firmo e Aidee Pereira os idosos contam com vasta programação que garantem melhor qualidade vida. Além também, de ser o ponto de referência para auxilio em relação aos benefícios garantidos.

Brasil 

Dados do Ministério da Saúde apontam que os idosos representam 14,3% dos brasileiros, ou seja, 29,3 milhões de pessoas. E, em 2030, o número de idosos deve superar o de crianças e adolescentes de zero a quatorze anos. Em sete décadas, a média de vida do brasileiro aumentou 30 anos saindo de 45,4 anos, em 1940, para 75,4 anos, em 2015. O envelhecimento da população tem impactos importantes na saúde, apontando para a importância de organização da rede de atenção à saúde para a oferta de cuidados longitudinais.

As doenças crônicas não transmissíveis atualmente afetam boa parte da população idosa. De acordo com pesquisas anteriores promovidas pelo Ministério da Saúde, 25,1% dos idosos tem diabetes, 18,7% são obesos, 57,1% tem hipertensão e 66,8% tem excesso de peso. Também são responsáveis por mais de 70% das mortes do país. 
O número de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos vai mais que dobrar no mundo em 2050, passando de 900 milhões em 2015 para cerca de 2 bilhões. Por isso, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) acredita ser importante que os idosos de hoje e os do futuro possam envelhecer de maneira saudável e ativa. Ou seja, que a idade avançada não impeça as pessoas de ser e fazer o que querem ou valorizam.

 
Cuiabá MT, 21 de Junho de 2024