Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2024, 10:16 - A | A

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2024, 10h:16 - A | A

"CAOS"

Prefeito recebe relatório sobre intervenção e relata preocupação com situação da Saúde

Lázaro Thor | Prefeitura de Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro recebeu na última sexta-feira (26) o relatório completo sobre a situação deixada pelo gabinete de intervenção do Estado na Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Emanuel Pinheiro afirmou que se pronunciará sobre a situação da saúde nos próximos dias, em entrevista coletiva. 

“O relatório que nós recebemos mostra uma situação preocupante e dramática, que me deixou extremamente angustiado. O quadro é muito grave e bem diferente da maquiagem que foi feita para a população”, afirmou o prefeito Emanuel Pinheiro. 

A reunião com apresentação do relatório completo contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Deiver Teixeira, que entregou toda a documentação ao prefeito. 

“Eu visitei mais de dez unidades de saúde, algumas que sequer foram visitadas pela intervenção do governo estadual, e a situação é de chorar, é de um descaso gigante”, completou Deiver. 

Para o secretário, as determinações do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) são, na verdade, metas não cumpridas pelo gabinete de intervenção estadual. Apesar do compromisso da SMS de trabalhar pelo cumprimento do acordo, as surpresas negativas aumentam a cada dia. 

“Eu não consigo tecer nenhum tipo de elogio para a intervenção, eles pegaram algo que tinha dificuldades e pioraram e muito a situação”, afirmou Deiver. 

No momento, o prefeito analisa que decisão será tomada após conhecer o inteiro teor do relatório e aguarda também a conclusão do relatório feito por técnicos do Ministério da Saúde que visitaram Cuiabá após visita de Emanuel Pinheiro a Brasília solicitando diagnóstico situacional na SMS. 

“A situação é bem pior do que a gente esperava, as dívidas não foram quitadas e nós assumimos com as dívidas de outubro, de novembro e de dezembro; é uma situação bastante difícil tanto no Hospital São Benedito quanto no Hospital Municipal de Cuiabá”, afirmou Juarez Samaniego, presidente da Empresa Cuiabana de Saúde Pública.

 
 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024