Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 16:55 - A | A

Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 16h:55 - A | A

PISTAS LIBERADAS

Trânsito está liberado em todos pontos de manifestação nas rodovias de MT

Da Redação

Os bloqueios que fecharam diversos trechos das rodovias federais que cortam Mato Grosso chegam ao seu quarto dia. Contudo, na tarde desta quinta-feira (3), o número de trechos bloqueados caiu para três. Os apoiadores do presidente derrotado, Jair Bolsonaro (PL), continuam as manifestações, mas agora estão às margens das rodovias.

Segundo a Concessionária Rota do Oeste, todas as barreiras físicas montadas pelos manifestantes na BR-163 foram retiradas. Contudo, os revoltosos continuam a ocupar as margens das pistas nas regiões de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop, montando barreiras esporádicas, mas sem a mesma força dos bloqueios anteriores.

 

A queda vertiginosa acontece no mesmo dia em que a BR-163 registrou dez bloqueios em vários pontos de Mato Grosso.

A BR-163 está atualmente sendo o último reduto dos manifestantes e as rodovias federais 158, 174, 364 e 070, antes bloqueadas em vários trechos, agora estão liberadas.

Na manhã desta quinta, a situação estava bem diferente e Mato Grosso contabilizava 28 trechos bloqueados. A liberação ocorreu algumas horas depois da declaração do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes, que classificou como criminosos todos aqueles que criticavam o processo eleitoral e que essas pessoas sofreriam com as consequências adequadas.

Alexandre de Moraes já havia classificado como ilegais todos os protestos que bloquearam as várias rodovias federais ao redor do Brasil e deu autorização para o uso da força da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar na desobstrução das pistas.

Os manifestantes ao redor do Brasil protestam contra a vitória do presidente eleito, Lula (PT), que ganhou com mais de 60 milhões de votos, contra pouco mais de 58 milhões de Jair Messias Bolsonaro (PL).

Contudo, apesar das informações oficiais da Concessionária Rota do Oeste que confirmam o fim das barreiras de pneus e carros, relatos não oficiais dizem que em municípios como Nova Mutum, os bloqueios totais voltaram e ninguém está passando.

A redação entrou em contato com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) para obter os números dos trechos nas rodovias estaduais que estavam bloqueados por manifestantes, mas até o término dessa matéria, não obteve resposta.

Atualização

A Rota-Oeste confirmou, às 16:24 desta quinta-feira que todos os pontos de mobilização estão com tráfego liberado.

 
Cuiabá MT, 25 de Junho de 2024