Cuiabá, 18 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 10:32 - A | A

Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 10h:32 - A | A

VÍRUS CIRCULANDO

Vacinação contra a covid-19 está emperrada em Cuiabá

Há três meses o grupo da faixa etária de 40 anos ou mais é convocado para receber a 4º dose da vacina contra a covid-19 em Cuiabá. Desde então, o andamento da campanha de imunização para adultos está emperrada. O Município aguarda nota técnica do Ministério da Saúde para iniciar a aplicação da segunda dose de reforço, ou quarta dose, no próximo grupo. A vacinação de crianças de 3 a 4 anos segue normalmente.

No último sábado, 5 de novembro, especialistas alertaram para uma possível nova onda de covid no Brasil, a vacinação é o principal meio de se proteger da doença. Desde o início das aplicações das doses, em 17 de janeiro de 2021, o número de casos e óbitos pela doença tem caído em todo o país.

 

Após abertas as ampolas, as vacinas têm apenas oito horas para ser aplicadas. Após esse intervalo, o conteúdo não utilizado deve ser descartado, já que se tona inapropriado. Mesmo assim, não é possível ir às Unidades Básica de Saúde (UBS) de Cuiabá para tentar a “xepa da vacina”.

Na capital, a maior incidência de casos está sendo registrada em pessoas com idades entre 31 e 40 anos. Esta, inclusive, é a próxima faixa etária a ser imunizada com a quarta dose da vacina (segundo reforço).

Contudo, não é possível ainda afirmar que este aumento de infecção neste grupo se dê pela falta da quarta dose.

PÚBLICO INFANTIL

Em todo o estado apenas 45,24% das crianças aptas a vacinar de 5 a 11 anos tomaram a primeira dose e apenas 26,77% tomaram a segunda dose do imunizante, segundo o Painel da Vacinação Estadual. Já na capital, 

Para vacinar crianças de 3 a 4 anos o responsável só precisa levar no posto de saúde, não está previsto nenhuma campanha de vacinação mesmo com a adesão tão baixa a imunização infantil. .

Até o momento, Cuiabá acumula desde o início da pandemia 146.273 casos confirmados e 3.719 óbitos.

 

 
Cuiabá MT, 18 de Junho de 2024