Cuiabá, 26 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Economia Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2024, 21:41 - A | A

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2024, 21h:41 - A | A

EXPANSÃO DE MERCADOS

Índia abre as portas para MT com oportunidades de negócios promissores

Assessoria de Imprensa

A Índia, que em 2023 ultrapassou a China em número de habitantes, com uma população de 1,4 bilhão de pessoas, deve se tornar um dos principais parceiros comerciais do Brasil nos próximos anos, e Mato Grosso está pronto para ocupar o espaço como principal parceiro econômico do país, na condição de fornecedor de alimentos e recebendo em contrapartida investimentos em tecnologia.

A perspectiva é do presidente da Câmara de Comércio Índia-Brasil, Leonardo Ananda, que está em Cuiabá para uma agenda considerada fundamental com o setor empresarial e representantes governamentais e que deve marcar uma nova era para a economia de Mato Grosso, protagonizada pela Índia.

A convite do advogado Marcel Daltro, que é sócio responsável pela filial do escritório Nelson Wilians Advogados (NWADV) em Mato Grosso e também pela internacionalização do escritório, Leonardo Ananda visita o Estado para mostrar aos setores empresariais as oportunidades de negócios que podem impactar positivamente a balança comercial do Estado.

“A relação Índia e Brasil vem crescendo nos últimos anos, mas estamos ainda na ponta do iceberg. Identificamos o estado de Mato Grosso como sendo super estratégico para essa relação. Mato Grosso tem recursos hídricos, tecnologia, terra, conhecimento e know-how para poder suprir a Índia com alimentos”, avalia Leonardo Ananda.

Já Marcel Daltro, que também é membro sênior da Câmara de Comércio Índia-Brasil, avalia que essa aproximação entre Mato Grosso e a Índia é um verdadeiro ‘mar de oportunidades’. “Essa é uma movimentação de aproximação obrigatória, pois estamos em uma posição estratégica como maiores produtores de alimentos do mundo diante de um mercado consumidor que demanda cada vez mais pelo que produzimos. Os empresários mato-grossenses têm uma excelente oportunidade em mãos”, avalia Marcel Daltro, que representa a Câmara em Mato Grosso.

A atual relação econômica entre o Estado e a Índia ainda é bastante discreta e pontual, o que reforça o potencial de crescimento. Mato Grosso exportou cerca de US$ 600 milhões de dólares para a Índia em 2023, maior parte desses valores decorrentes da venda de ouro e óleo de soja. No quesito importação, foram US$ 175 milhões de dólares de produtos da Índia no ano passado, principalmente em defensivos agrícolas, conforme dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) do Ministério da Economia.

“Muito em breve, acreditamos que essa balança comercial deverá estar em outro patamar. Avalio que o setor produtivo de Mato Grosso está pronto para fortalecer essa relação que beneficiará ambos os lados”, aponta Marcel Daltro.

Com agenda que iniciou nesta quarta-feira (17) e seguem até esta quinta-feira (18), Leonardo Ananda e Marcel Daltro já se reuniram com a Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), e Assembleia Legislativa de Mato Grosso, entre outras reuniões com empresários.

Ainda neste semestre, a Câmara de Comércio Índia-Brasil em parceria com o escritório Nelson Wilians e o Sebrae-MT devem realizar um seminário em Cuiabá que vai propor uma verdadeira imersão aos empresários sobre a Índia e contará com a presença de potenciais investidores. Outra iniciativa será uma nova visita técnica à Índia, que deverá ocorrer ainda este ano ou início de 2025. No ano passado, o Governo de MT junto com o Sebrae realizou a Missão Técnica Internacional Ásia 2023, que levou 60 empresários à China e à Índia. Dessa vez, a missão, que ainda será organizada, deverá se concentrar em conhecer melhor a Índia, sua cultura e investidores.

 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 26 de Maio de 2024