Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 16:20 - A | A

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 16h:20 - A | A

IZABELA SEFRIN

Ações de saúde mental: práticas simples para implementar na sua empresa

Izabela Sefrin*

O tema em pauta é a Saúde Mental nas empresas, afinal desde o final de março de 2024 está em vigor a lei 14.831/2024 que estabelece um marco importante no apoio à saúde mental no local de trabalho. A legislação cria o Certificado Empresa Promotora da Saúde Mental, reconhecendo as companhias que adotam práticas exemplares para o bem-estar de seus funcionários.

É importante destacar que investir em saúde mental para os colaboradores não é apenas uma exigência legal, mas uma estratégia empresarial que traz retornos significativos. E os números provam isso: locais de trabalho que apoiam a saúde mental apresentam menores taxas de absenteísmo (faltas ou atrasos) e maior produtividade. Trabalhadores que se sentem seguros e valorizados são mais leais e satisfeitos, reduzindo a rotatividade e aumentando a eficiência operacional.

E como executar ações práticas? Este assunto pode gerar incômodos aos empresários e negócios de micro e pequeno porte, ao acharem que precisam de ações complexas e investimentos altos para iniciar uma trilha de cuidados aos funcionários, no que tange a saúde mental.

Tais práticas cabem em qualquer tamanho de empresa, basta sabermos que possíveis ações poderão ser implementadas gerando bem-estar aos funcionários e, muitas vezes, de custo relativamente baixo.

Interessante esclarecer que qualquer segmento de negócio poderá criar suas atividades, afinal, pessoas estão envolvidas em todas as cadeias e setores profissionais. Como nosso Estado é pujante no Agronegócio, volto uma atenção especial a esse segmento e alerto que precisamos ter funcionários mentalmente sadios para melhor performar na lavoura, na condução de maquinários de custos elevados e em escritórios. Safras produtivas também são mais promissoras com equipes saudáveis e engajadas.

Tentando desmistificar a implantação de projetos achei interessante trazer dicas práticas para iniciar um movimento da saúde mental em suas empresas ou negócios:

Realizar leituras sobre o tema para entender o porquê, ampliar a autopercepção e o conhecimento, antes que sejam criados rótulos que precarizem as ações: Você RH;

Compartilhar percepções e levar como pauta de reunião aos líderes do seu negócio;

Realizar ações de endomarketing em murais, próximo ao relógio ponto da empresa, grupos de whatsapp da empresa com mensagens motivadoras e positivas para iniciar a jornada de trabalho;

Realizar rodas de conversas sobre o tema saúde mental no trabalho; alimentação saudável, importância dos exercícios físicos, entre outros, com objetivo de sensibilizar a equipe;

Realizar possível parceria com academias que geram desconto aos funcionários para fomentar a prática de exercícios físicos ou motivar atividades de esportes coletivos como futebol, vôlei e outros.

Dentro das fazendas seria interessante pensar em espaços recreativos coletivos como campos de futebol ou uma quadra de vôlei de areia;

Realizar conversas individuais: líder e liderado com busca genuína de informações sobre suas expectativas, satisfações e motivações, de forma sistemática;

Ter um profissional de RH para apoiar a escuta genuína, “o cuidar” das pessoas no trabalho. Lembrando que RH é diferente de DP;

Ao conversar com os funcionários esteja presente de fato, dê atenção e mostre interesse;

Evite rotular as pessoas com apelidos ou comportamentos pejorativos, pode ser gatilho para algo mal resolvido;

Faça encontros descontraídos para alimentar a integração da equipe e descompressão do estresse do dia a dia através de cafés da manhã, happy hours e confraternizações;

Seja transparente em sua comunicação, porém, com afetividade e empatia;

Verbalize ao funcionário a importância dele para o processo e negócio;

Apoie o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, afinal o trabalho é um jogo infinito, nunca acabará, é necessário gerir o tempo;

Multiplique ações práticas e efetivas de gestão tempo;

Lembre-se: DENTRO DE UM PROFISSIONAL, ESTÁ UM SER HUMANO.

A trilha do olhar para saúde mental dos funcionários poderá ser iniciada com essas ações e atitudes e conforme a empresa for crescendo e consolidando tais rotinas, o planejamento poderá tomar maiores proporções para que caminhem para o reconhecimento através do Certificado empresa Promotora da Saúde Mental, conforme lei aprovada.

O importante é começar! 

*IZABELA SEFRIN é mentora de Gestão e Liderança, coach e diretora executiva na Somoos – Desenvolvimento Humano e Estratégico.

 
Cuiabá MT, 24 de Junho de 2024