Cuiabá, 22 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 19:03 - A | A

Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 19h:03 - A | A

BRUTALIDADE

Adolescente morde peito de criança de 10 anos e acerta pedrada em sua cabeça

Da Redação

Uma criança, de apenas dez anos e estudante do ensino fundamental, foi brutalmente agredida por uma adolescente de 16 anos, na tarde desta segunda-feira (21), na Escola Estadual Levegildo de Mello, localizada no bairro Jardim Novo Horizonte, em Cuiabá. A adolescente, que estuda no 9º ano, acertou uma pedrada na criança e mordeu o seu peito.

Segundo informações da família da vítima, a mãe buscou a criança que estaria passando mal. Em casa, a mãe viu o hematoma e questionou o que havia acontecido. A criança contou que o cachorro o havia mordido, mas após ser questionada mais um pouco, acabou revelando o que havia acontecido.

 

A primeira coisa que a criança contou que havia acontecido é que uma garota havia jogado uma pedra nele. A mãe voltou no colégio e indagou a diretoria sobre o que havia acontecido, a diretoria não sabia de nada e resolveu questionar os estudantes.

Todos os estudantes que estavam no pátio na hora do recreio foram questionados sobre o ocorrido e eles disseram que a adolescente exigiu que o garoto pagasse um lanche para ela. A criança se negou e tentou afastar a adolescente. Foi nesse momento que a menina acertou uma pedrada nele e o mordeu no peito.

A criança não teria pedido socorro e a adolescente foi embora logo em seguida.

A família da criança está revoltada com o acontecido e buscou a polícia para representar contra a adolescente.

“Como que podem deixar as crianças de idades diferentes no mesmo horário de intervalo e como não tem nenhum inspetor de pátio vigiando as crianças” disse um familiar a Redação.

Os familiares também suspeitam que a adolescente ameaçou a criança, pois ela não queria contar o que houve e tentou impedir a mãe de ir até à escola, dizendo “não vamos à escola, vão matar você lá”.

O caso é investigado.

 
Cuiabá MT, 22 de Junho de 2024